Menu Right

Top Social Icons

Slider Area 1

Slider Area 2

Slider Area 3

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

Destaques

Policial

Últimas Notícias

Saúde

Publicidade

Interior

Esportes

Agropecuária

terça-feira, 30 de novembro de 2021

Novo Progresso: Homem é preso por crime de homicídio e porte ilegal de armas

A prisão ocorreu na manhã desta terça-feira (30) e o suspeito foi encaminhado para Delegacia de Polícia de Novo Progresso.

Foto: PM/Reprodução

Nesta terça-feira (30), por volta das 11h30, a Polícia Militar recebeu a denúncia sobre um homicídio próximo a Comunidade São Roque, as margens da BR-163, sentido Vila Isol. 

Diante das informações, uma guarnição se deslocou para o local e abordou um veículo Bitrem Volvo 540, cor branca. O condutor do veículo, identificado como Paulo Antônio do Amaral Gonçalves, natural de São Luiz Gonzaga – RS, de 42 anos, é suspeito de ter efetuado quatro disparos com uma arma de fogo contra outro homem, identificado como Romeu Coutinho, que veio a óbito ainda no local.

Segundo a denúncia, o motivo do homicídio seria a descoberta de um possível relacionamento amoroso que sua esposa estava mantendo com Romeu Coutinho há dois meses e meio. 

Durante a abordagem, foram encontrados uma arma de fogo (com registro, porém sem o porte), sete Cartuchos CBC P+, Calibre 38, intactos e um Cartucho Winchester calibre 38, intacto.

Foto: Reprodução

O suspeito, o veículo e os materiais apreendidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Novo Progresso para os procedimentos cabíveis serem tomados. 


On News

Brasileiros terão que trabalhar seis meses a mais para se aposentar; entenda

As mulheres são as mais prejudicadas pela regra de transição prevista na Reforma da Previdência.

Foto: Reprodução

A partir desta semana, os trabalhadores que entrarem na regra de transição da Reforma da Previdência terão que trabalhar seis meses a mais para se aposentar. A reforma, que completou dois anos neste ano, implantou idade mínima para os cidadãos pedirem aposentadoria (65 anos, homens, e 62, mulheres). Criou-se uma tabela escalonada de idade para a concessão dos benefícios, que é corrigida anualmente em seis meses. As informações são do portal Metrópoles.

No caso das mulheres, a regra permite que as trabalhadoras se aposentem com 61 anos. Mas, a partir do ano que vem, elas terão que ter 61,5 anos. Em 2023, 62 anos. Para os homens, nada mudou, uma vez que a regra da idade mínima já era 65 anos.

Isso significa que as mulheres, que antes se aposentavam por idade aos 60 anos, agora têm que trabalhar seis meses a mais a cada ano até chegarem aos 62 anos.

A reforma de 2019 também mudou as regras da aposentadoria por tempo de contribuição. Antes, os homens que comprovassem 35 anos de contribuição e as mulheres que comprovassem 30 anos podiam se aposentar. Agora, essa regra permanece apenas para aqueles que estão na transição. No caso dos homens, ela se encerra em 2027, já para as mulheres somente em 2031.

Conheça as principais regras para se aposentar com a idade mínima

Homens:

  • 65 anos de idade e 15 anos de tempo de contribuição.
  • Tempo de contribuição cresce de seis em seis meses por ano até chegar em 20 anos necessários de contribuição.

Mulheres:

  • 60 anos de idade e 15 anos de tempo de contribuição.
  • O requisito de idade vai aumentar em seis meses por ano até chegar em 62 anos necessários de idade.

Sistema de pontos

É uma regra similar ao sistema 85/95. O trabalhador vai somar a idade e o tempo de contribuição e ele também precisa ter contribuído por 35 anos (no caso dos homens) e 30 anos (no caso das mulheres).

Em 2021, as mulheres podem se aposentar com 88 pontos, e os homens com 98 pontos. A tabela vai aumentando um ponto a cada ano, até chegar aos 100 pontos para as mulheres e 105 para os homens.


O Liberal

Governo Federal envia novos alertas para devolução de auxílio emergencial recebido indevidamente

Segundo o Ministério, quem tem vínculo empregatício na data do requerimento do auxílio emergencial também terá de ressarcir os cofres públicos.

Foto: Reprodução

O Ministério da Cidadania envia até esta terça-feira (30), mensagens de celular (SMS) orientando a devolução voluntária de recursos recebidos indevidamente do auxílio emergencial, além de denúncia de fraudes. Este é o terceiro lote a ser enviado este ano e 625 mil pessoas receberão.

Também estão na lista de devolução beneficiários do auxílio emergencial e que compõem o público que recebe o Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família) via Cadastro Único (CadÚnico) e que precisam fazer a devolução.

Estão entre os alvos da ação, trabalhadores que declararam o Imposto de Renda Pessoa Física e foram notificados para fazer a restituição do auxílio emergencial, mas ainda não efetuaram o pagamento. Além disso, pessoas que receberam recursos, mas não se enquadram nos critérios de elegibilidade do programa.

Outro grupo inclui pessoas que recebem um segundo benefício assistencial do governo federal, como aposentadoria, seguro desemprego ou Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda. Quem tem vínculo empregatício na data do requerimento do auxílio emergencial também terá de ressarcir os cofres públicos.

Segundo o ministério, após os dois primeiros lotes de mensagens, foram devolvidos aos cofres públicos aproximadamente R$ 66,3 milhões no período de 18 de agosto a 18 de novembro.


Agência Brasil

Itaituba: Câmara Municipal entrega moção de aplauso para esposa do “Jovem sonhador”

O pedido da moção foi feito pelo vereador Rangel Moraes em reconhecimento pelas lutas e envolvimento com questões sociais no município.

Foto: Ascom CMI 

Na manhã desta terça-feira (30), a Câmara Municipal de Itaituba, sudoeste do Pará, durante a sessão ordinária realizada no plenário, entregou uma moção de aplausos para Luziete Silva de Jesus, esposa de Antônio Dias conhecido como “jovem sonhador”. 

O pedido da moção foi feito pelo vereador Rangel Moraes em reconhecimento pela lutas e envolvimento com questões sociais no município. 

Foto: Reprodução

O “Jovem Sonhador”, que lutava há três anos contra um câncer Carcinoma de Orofaringe (câncer de garganta), morreu no último dia 11, no Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém, oeste do Pará.   

Antônio, de 51 anos, era servidor na Escola de Ensino Médio Magalhães Barata, atleta e lutava pelas causas sociais. Em uma dessas lutas sociais, ele se acorrentou em frente ao Hospital Regional do Tapajós (HRT), em Itaituba, como forma de protesto por melhorias na unidade hospitalar para pacientes oncológicos.

Foto: Reprodução


On News

Aveiro: Governo autoriza início das obras do terminal hidroviário

As obras vão trazer mais conforto e segurança aos usuários dessas regiões, além de ajudar na integração do Estado por meio do modal hidroviário.

Foto: Reprodução

O Governo do Pará, por meio da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), autorizou na segunda-feira (29), o início das obras de construção do terminal hidroviário de Aveiro, no Baixo Amazonas, e reconstrução e adequação dos terminais hidroviários de Chaves, no Marajó, e Mocajuba, no Baixo Tocantins. As obras vão trazer mais conforto e segurança aos usuários dessas regiões, além de ajudar na integração do Estado por meio do modal hidroviário. 

"São cidades que possuem os rios como ruas e isso representa mais de R$ 11 milhões em investimentos. Então, queria festejar essas obras e, se Deus quiser, terei o prazer de entregá-las no próximo ano para que possamos dar a essas cidades conforto e segurança, principalmente para aquelas pessoas que chegam e saem pelos rios. São terminais modernos, adequados, com acessibilidade, enfim com uma grande infraestrutura. Além disso, quero reafirmar nosso compromisso e nosso nosso trabalho em parceria como essas cidades para o desenvolvimento do Estado", disse o o Governador Helder Barbalho, que assinou as três ordens de serviço no Palácio do Governo, em Belém. 

Para o presidente da CPH, Abraão Benassuly, a assinatura das ordens de serviço representam o compromisso do Governo do Estado, que também prioriza o modal hidroviário para desenvolvimento das regiões. Atualmente, a Companhia totaliza 34 obras no Estado, sendo oito entregues, 20 em andamento e seis em processo licitatório. 

Foto: Reprodução

"São obras muito importantes e relevantes para todas as cidades, então essas obras tem um impacto social muito grande. Por exemplo, em Aveiro, que tem 240 anos, é a primeira vez que a cidade ganha um porto. São cerca de 27 mil habitantes, pessoas que precisam de se deslocar de barco e enfrentam dificuldades para embarcar e desembarcar. Já no município de Mocajuba, a falta de adequação do porto dificulta o transporte escolar, e no de Chaves há muitos anos já precisava dessa reconstrução, então, agora, o governador assina esses atos e muda a realidade das pessoas desses município", frisou Abraão Benassuly. 

Infraestrutura 

Assim como os demais terminais construídos pela CPH, o porto de Aveiro será contemplado com cadeiras confortáveis, banheiros, guichês para vendas de passagens, lanchonete, salas para órgãos do governo, guarda-volumes, TV e bebedouro. Já a obra naval prevê a instalação de rampa metálica coberta e flutuante coberto, para embarque e desembarque de passageiros. O terminal será construído com base nas normas da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). No total, o Estado vai investir mais de R$ 5 milhões na obra. 

Projeto do terminal de Aveiro/Reprodução

"Aveiro nos seus 240 anos de existência vai receber seu primeiro terminal hidroviário nessa qualidade, o que vai dar mais mobilidade e segurança para população, então agradecemos muito ao presidente da CPH, Abraão Benassuly, por ter acreditado nisso e ao governador Helder Barbalho, que sempre olha com carinho para com nosso município", disse o prefeito de Aveiro, Vilson Gonçalves.

Vilson Gonçalves, prefeito de Aveiro/Reprodução


Agência Pará

Pulmão e coração são achados no centro de Belém

Órgãos foram encontrados dentro de saco de lixo, há suspeita de que sejam humanos.

Foto: Reprodução

A Polícia Civil (PC) e agentes do Instituto Médico Legal (IML) foram acionados na manhã desta terça-feira (30), para remover uma sacola de lixo com a suspeita de conter órgãos humanos na avenida Presidente Vargas, localizada no centro de Belém. O local foi isolado. 

Segundo informações, um pulmão e um coração estavam dentro da sacola.

Os órgãos encontrados serão encaminhados para o IML para passar por análises e investigar se são de origem humana. A Polícia Civil vai verificar imagens de câmeras de vigilância para identificar o responsável por descartar os restos mortais na área. 


Roma News

Anvisa aprova tratamento de HIV de apenas um comprimido

Medicamento é uma combinação das substâncias lamivudina e dolutegravir sódico. Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, existem 19 medicamentos disponíveis em 34 apresentações farmacêuticas.

Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou na segunda-feira (29) um novo tratamento para o HIV que reúne duas substâncias em único comprimido.

"A aprovação representa um avanço no tratamento das pessoas portadoras do vírus que causa a Aids, já que reúne em uma dose diária dois antirretrovirais que não estavam disponíveis em um só comprimido. A possibilidade de doses únicas simplifica o tratamento e a adesão dos pacientes", afirmou a agência, em nota.

O novo medicamento é uma combinação das substâncias lamivudina e dolutegravir sódico. Ele poderá ser prescrito para o tratamento completo da infecção pelo vírus em adultos e adolescentes acima de 12 anos com pelo menos 40 kg.

O Brasil distribui gratuitamente todos os antirretrovirais desde de 1996 e, desde 2013, o Sistema Único de Saúde (SUS) garante o tratamento para todas as pessoas vivendo com HIV, independentemente da carga viral. Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, existem 19 medicamentos disponíveis em 34 apresentações farmacêuticas.


G1

Publicidade

Responsive Full Width Ad