Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Cinegrafista acusado de matar ex-esposa no Pará é preso em Roraima


Arlison Ferreira é acusado pela justiça de ter matado com requintes de  crueldade a esposa na frente do filho.
Jovem tinha 25 anos quando foi assassinada (Foto Reprodução)
 
 Arlison Ferreira, foi preso hoje (17), quando chegava para trabalhar como cinegrafista em uma emissora de televisão no Paraviana em Roraima.

Ele é acusado pela justiça de ter matado com requintes de crueldade a esposa na frente do filho. O femicídio aconteceu na cidade de Itaituba no Pará

O caso ganhou repercussão no Estado do Pará por conta do desaparecimento da jovem. Foi dada como desaparecida no dia 9 de maio de 2019 e seu corpo foi encontrado mais de um mês depois em 31 de maio de 2019 em uma propriedade rural.


Segundo o levantamento do Instituto médico Legal de Itaituba, a mulher foi morta com uma perfuração no crânio por arma de fogo e apresentava feridas contundentes que indicavam possível espancamento.



Na época, os familiares da mulher, afirmaram que o homem alegou não saber do desaparecimento da ex-esposa e que iria levar o filho do casal para passar uns dias no Maranhão, não dando mais notícias desde então. A criança  de três anos foi recuperada judicialmente após busca e apreensão realizada em Boa Vista em 2019.



Fonte: On News com informações do Folha BV

Nenhum comentário

Postar um comentário

Publicidade

Responsive Full Width Ad