Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

terça-feira, 21 de dezembro de 2021

Ministério da Saúde reduz intervalo para dose de reforço contra a Covid-19.

 Em Itaituba, a determinação já foi adotada e realizada nos pontos móveis de vacinação no último final de semana.  


Foto reprodução

A dose de reforço ou terceira dose da vacina contra a Covid-19 começou a ser aplicada no Pará com intervalo de quatro meses em pessoas com 18 anos ou mais. Cidades como Belém e Ananindeua iniciaram nesta terça-feira (21) a aplicação da dose de reforço em quem recebeu a segunda dose em agosto. 

Em Itaituba, sudoeste do Pará, o secretário municipal de saúde Iamax Prado, disse ao On News que o município foi informado pela Secretaria Estadual de Saúde ( Sespa), sobre a mudança  e que a pasta segue orientação do Ministério da Saúde, que anunciou no sábado (18) a redução do intervalo de cinco para quatro meses“ No nosso município, já começamos a efetuar a 3ª dose ainda no último final de semana durante a vacinação nos pontos móveis”. Afirmou o secretário. 

No domingo(20), a vacinação móvel esteve na Orla da cidade aplicando as 1ª, 2ª e 3ª doses do imunizante. “ Pedimos à população que confira seu cartão de vacina e caso já tenha o intervalo de 4 meses da 2ª dose, procure os postos de saúde ou pontos móveis para se vacinar”. Ressaltou. 


Foto divulgação Iamax Prado


Em relação à vacinação em crianças de 5 a 11 anos, já autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Sespa aguarda orientação oficial do Ministério, que ainda não se manifestou. 

Atualmente, qualquer pessoa com 12 anos ou mais deve se vacinar contra a Covid -19. Segundo a Sespa, a aplicação de primeira, segunda e terceira doses ocorre em todas as cidades paraenses. Os moradores devem buscar o posto de vacinação mais próximo. 

Para se vacinar é necessário apresentar RG, CPF e comprovante de residência para receber a primeira dose. No caso dos adolescentes até 18 anos, é necessário estar acompanhado de responsável. Na segunda dose, basta o RG e o cartão de vacinação, o mesmo para a dose de reforço ou terceira dose. 

comprovante de vacinação é exigido no estado para entrar em estabelecimentos. Ele pode ser consultado pelo aplicativo do estado ou o Conecte Sus. No entanto, com a instabilidade registrada nos últimos dias, os usuários devem usar o comprovante de papel ou solicitar 2ª via em seus municípios, segundo a Sespa. 

 On News / G1 Pará

Nenhum comentário

Postar um comentário

Publicidade

Responsive Full Width Ad