Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 5 de novembro de 2021

Avião com cantora Marília Mendonça cai em Caratinga, no interior de Minas Gerais

Corpo de Bombeiros foi acionado ao local. Não há informações sobre vítimas.

Foto: Reprodução

Um avião com a cantora Marília Mendonça caiu em Caratinga, no interior de Minas Gerais, na tarde desta sexta-feira (5). Não há informações sobre feridos. O avião de pequeno porte é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente teria ocorrido por volta das 15h30. Na aeronave, estavam cinco pessoas, incluindo Marília,  um produtor, um assessor, o piloto e o copiloto. De acordo com a assessoria da sertaneja, todos estão bem, mas não soube informar se eles já foram encaminhados ao hospital.

A corporação informou que a queda não provocou fogo, porém, os bombeiros sentiram um forte cheiro de odor de combustível. Além dos bombeiros, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também participa do resgate.

Antes da queda do avião, a cantora estaria indo para um show em Caratinga. Ela chegou a compartilhar um vídeo nas redes sociais a caminho. 


O Liberal 

quarta-feira, 3 de novembro de 2021

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado em R$ 65 milhões

A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Foto: Reprodução

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (3) um prêmio acumulado em R$ 65 milhões.

As seis dezenas do concurso 2.425 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.


Agência Brasil

terça-feira, 2 de novembro de 2021

Portaria proíbe demissão de trabalhador não vacinado contra covid-19

Ministério do Trabalho alega que medida protege empregado.

Foto: Reprodução 

O empregado que não tiver tomado vacina contra a covid-19 não poderá ser demitido ou ser barrado em processo seletivo. A proibição consta da Portaria 620, publicada na segunda-feira (1°) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

A medida vale tanto para empresas como para órgãos públicos. Em vídeo, o ministro Onyx Lorenzoni disse que a portaria protege o trabalhador e afirma que a escolha de vacinar-se pertence apenas ao cidadão.

Segundo o texto, constitui "prática discriminatória a obrigatoriedade de certificado de vacinação em processos seletivos de admissão de trabalhadores, assim como a demissão por justa causa de empregado em razão da não apresentação de certificado de vacinação".

Caso o empregado seja demitido ou não contratado por não comprovar a vacinação, a portaria estabelece que o funcionário pode escolher ser reintegrado ao cargo ou receber o dobro da remuneração referente ao período de afastamento.

As empresas também poderão realizar testagens periódicas para preservar as condições sanitárias no ambiente de trabalho. Nessas situações, o empregado deverá apresentar o cartão de vacinação ou ser obrigado a realizar o teste. Também está autorizado que os empregadores incentivem a vacinação, desde que não obriguem o funcionário a vacinar-se.

A posição do governo é distinta de algumas sentenças recentes da Justiça do Trabalho. Em julho, a 13ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região, em São Paulo, confirmou a dispensa por justa causa de uma auxiliar de limpeza que trabalhava em um hospital infantil e se recusou a ser imunizada duas vezes. O caso aconteceu em São Caetano do Sul, na região metropolitana da capital paulista.


Agência Brasil 

Média móvel de óbitos por Covid-19 é a menor desde abril de 2020

Base de dados da Fiocruz indica queda nas mortes desde junho.

Foto: Reprodução 

A ferramenta Monitora Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que acompanha a evolução da pandemia da covid-19 no Brasil, registrou ontem (31) 311,43 óbitos na média móvel de sete dias. É a menor média desde 28 de abril do ano passado, logo após o início da pandemia no país, quando foram 325,14 mortes.

Até o momento, os dados oficiais do Ministério da Saúde mostram o acumulado de 607.824 óbitos pela doença desde março de 2020. No mundo, são 5,017 milhões de mortos por covid-19, segundo o site Worldometer.

Os picos dos óbitos pela doença ocorreram no dia 1º de abril deste ano, com 3.117,43 registros na média móvel, e no dia 12 de abril, com 3.123,57 mortes. Entre os dias 17 de março e 10 de maio, foram mais de duas mil mortes diárias por covid-19 no Brasil. Até o dia 6 de junho houve queda nos óbitos e entre 13 e 22 de junho os números voltaram a ficar na faixa das 2 mil mortes por dia, caindo desde então. Desde o dia 4 de outubro os registros estão abaixo de 500 óbitos diários.

No ano passado, após a ascensão da curva, o Brasil registrou na faixa de mil mortes por dia entre 25 de maio e 25 de agosto, tendo um pico de baixa no dia 11 de novembro, com 323,86 óbitos na média móvel de sete dias.

Casos

O monitor indica também o registro de 11.505 novos casos no dia 30 de outubro, em médias móveis. A curva ficou acima dos 60 mil casos entre os dias 6 de março e 29 de junho, com picos de 77.327 casos no dia 24 de junho e de 77.129 em 27 de março.

A queda nos registros vem ocorrendo desde 27 de julho, chegando a 15.052 no dia 17 de setembro e pico acima dos 30 mil casos na média móvel entre 18 e 24 de setembro, ficando abaixo dos 20 mil desde então. O registro de casos novos chegou a 9.806 no dia 17 de outubro, nível de 14 de maio do ano passado.

O país acumula 21,8 milhões casos da doença desde o início da pandemia e o mundo 247,6 milhões.

No mapa de tendências da Fiocruz, Roraima, São Paulo e Distrito Federal apresentam redução de casos nos últimos 14 dias, e o Rio Grande do Sul está com crescimento. Todos os demais estados estão com manutenção da tendência.

Nos óbitos, a tendência de aumento aparece em Mato Grosso do Sul e no Rio Grande do Norte, e a redução no Acre, Roraima, Pará, Amapá, Tocantins, Ceará e Sergipe. As demais unidades da federação estão com tendência de manutenção nas mortes por covid-19 nos últimos 14 dias.


Agência Brasil 

sexta-feira, 29 de outubro de 2021

Estados congelam ICMS por 90 dias para tentar conter alta dos combustíveis

Segundo o governador do Pará, Helder Barbalho, apenas essa medida não é suficiente. Mas para contribuir, o Estado congelou o valor bruto do ICMS até fevereiro. 

Foto: Reprodução

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), formado pelo governo e representantes dos estados, aprovou nesta sexta-feira (29) o congelamento por 90 dias do chamado "preço médio ponderado ao consumidor final". É sobre esse preço médio que incide o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) estadual cobrado nas vendas de combustíveis.

A medida ocorre em meio à forte alta dos combustíveis, provocada pelo aumento do petróleo no mercado internacional e pela disparada do dólar - fatores levados em conta pela Petrobras para calcular o preço do nas refinarias.

Nesta semana, a Petrobras anunciou um novo reajuste no preço da gasolina e do diesel para as suas distribuidoras. O aumento foi de 7,04% para o litro de gasolina nas refinarias e de 9,15% para o diesel.

Segundo o governo, o objetivo do congelamento do preço médio ponderado, sobre o qual incide o ICMS, é tentar manter os preços nos valores vigentes em 1º de novembro de 2021 até 31 de janeiro de 2022.

A medida, segundo os representantes dos estados, "visa reduzir o impacto dos aumentos impostos pela Petrobras e dar tempo para se pensar em uma saída para os reajustes consecutivos".

Como funciona

Pelo modelo atual, que deixa de vigorar até o fim de janeiro, cada estado define o chamado "preço médio ponderado ao consumidor final" a cada 15 dias.

Como tem mudança a cada 15 dias, todo aumento de preço nas refinarias altera o preço médio e eleva o ICMS.

Com o congelamento do preço médio ponderado por 90 dias, os aumentos da Petrobras anunciados até janeiro não serão considerados na base de cálculo do ICMS — atenuando o impacto dos reajustes dos combustíveis nas refinarias.

No Pará, o governador Helder Barbalho, publicou em suas redes sociais que apenas essa medida não é suficiente. Mas para contribuir, o Estado congelou o valor bruto do ICMS até fevereiro.


 G1 Economia

Governo publica regras para concessão de auxílio funeral

O valor do auxílio funeral será de um mês da remuneração do servidor. A instrução foi publicada hoje (29), no Diário Oficial da União.

Foto: Reprodução

Instrução normativa do Ministério da Economia estabelece regras e procedimentos a serem adotados pelos órgãos da Administração Pública Federal para a concessão do auxílio funeral. O benefício será pago à família do servidor público federal falecido. As regras valem tanto para servidores em atividade quanto aposentados. O valor do auxílio funeral será de um mês da remuneração do servidor. A instrução foi publicada hoje, 29, no Diário Oficial da União.

Segundo o documento, o benefício será pago ao familiar que custeou o funeral. A normativa reconhece como família do servidor, além do cônjuge e filhos, quaisquer pessoas que vivam às suas expensas e constem do seu assentamento individual como dependente. O texto diz ainda que a união estável também será equiparada como entidade familiar.

Para solicitar o auxílio, o familiar deve apresentar, entre outros documentos, a cópia da certidão de óbito do servidor; comprovante de identificação oficial com foto e Cadastro de Pessoa Física (CPF) e nota fiscal da funerária, nominal ao requerente e com a especificação do nome do servidor falecido.

A instrução diz ainda que o auxílio poderá ser concedido a quem custear o funeral do servidor falecido e não estiver inserido no rol familiar. Essa pessoa será considerada como terceiro e deverá apresentar, no ato do requerimento do benefício, declaração da "veracidade das informações prestadas, dos documentos apresentados e da realização do pagamento do funeral, sob pena de responsabilidade administrativa, civil e criminal."

A normativa também diz que é proibida a concessão do auxílio a duas ou mais pessoas concomitantemente. A regra também proíbe receber o mesmo benefício em outro órgão público, no caso de acumulação lícita de cargos ou proventos de aposentadoria pelo servidor falecido.

No caso de falecimento de servidor em serviço fora do local de trabalho, inclusive no exterior, as despesas de transporte do corpo correrão à conta de recursos da União.


Agência Brasil

Vídeo: Brinquedo “Superman” esmaga e mata jovem em parque de diversões

Outras cinco pessoas ficaram feridas. Polícia Civil vai investigar se houve falha no brinquedo.

Foto: Arquivo Pessoal

Um vídeo mostra o desespero das pessoas após um homem de 29 anos cair de um brinquedo e ser esmagado pela estrutura dentro de um parque de diversões em Itu (SP), na noite de quinta-feira (28). William Ribeiro de Oliveira chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. Outras cinco pessoas ficaram feridas. A Polícia Civil vai investigar se houve falha no brinquedo.

Nas imagens, é possível ver muitas pessoas correndo e gritando no local. O vídeo foi gravado momentos depois do acidente e mostra algumas pessoas tentando socorrer o rapaz.

"O brinquedo amassou um monte de gente. Meu Deus, aqui do nosso lado", diz um rapaz.

Quatro homens e uma mulher, com idades entre 19 e 28 anos, que desceram da atração para ajudar o rapaz, também ficaram feridos. Todos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e pelo Corpo de Bombeiros e levados para diferentes unidades de saúde do município (PAM Vila Martins, UPA e Santa Casa).

De acordo com informações passadas pelo dono do parque em depoimento à polícia, o brinquedo "Superman", que faz movimentos no ar com as pessoas sentadas, estava em funcionamento quando William retirou a grade que prende os bancos e decidiu ficar em pé.

Foto: Reprodução

As informações teriam sido passadas pelo operador do brinquedo e constam no boletim de ocorrência. Ao ver o homem em pé, o operador decidiu parar o brinquedo, momento em que William caiu e foi prensado pela estrutura.

O irmão de William, Gabriel Ribeiro de Oliveira, que também estava no brinquedo, afirmou que o operador não parou o brinquedo.

William chegou a ser socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Martins, mas não resistiu e morreu. O corpo do jovem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para autópsia.

Segundo o diretor do serviço funerário municipal, Edmilson Martins, a causa da morte foi politraumatismo, provocado por agente cortante contundente

O dono do parque e o operador foram encaminhados para a delegacia. Uma perícia será feita no local para determinar as causas do acidente. 

A Polícia Civil informou que já ouviu algumas pessoas envolvidas e vai juntar os depoimentos delas com os detalhes da perícia para identificar o que realmente aconteceu. A princípio, o caso é investigado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e lesão corporal culposa.

Conforme a delegada Marcia Pereira Cruz, mais envolvidos e possíveis testemunhas também serão ouvidos. Além disso, foi solicitada uma perícia especializada na área de engenharia, que deve ser feita nesta sexta-feira (29). O inquérito tem um prazo de 30 dias para ser concluído.

A delegada explica que o parque tinha toda a documentação necessária para funcionar e que já esteve na cidade outra vezes, sem nunca ter se envolvido em problemas anteriormente.


G1

Empresária dá tapas em cantora negra e é indiciada por injúria racial

De acordo com a polícia, os tapas ocorreram no momento em que Valkiria Moraes, 59 anos, teria dito: 'Essa negra não sabe cantar'.

Foto: Reprodução

Uma empresária foi indiciada por injúria racial e vias de fato após agredir uma cantora que se apresentava em um restaurante. Imagens registradas por câmeras do circuito interno do estabelecimento flagraram o momento em que a empresária Valkiria Tavares de Moraes Cardoso, 59 anos, dá dois tapas no braço de Andresa Sousa Alves, 34, enquanto a artista se apresentava no local.

O caso ocorreu na noite do último dia 19, no bairro Asa Sul, em Brasília e segundo testemunhas ouvidas pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), os tapas ocorreram no momento em que Valkiria teria dito: “Essa negra não sabe cantar”. O inquérito foi remetido ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Caso a denúncia seja oferecida e acolhida pelo Judiciário, a empresária responderá criminalmente.

As imagens flagram a mulher bebendo e apontando o dedo para a cantora. Exaltada, Valkiria se aproxima do palco e bate palmas para Andresa. Testemunhas garantem que o ato foi uma forma de debochar da artista.

Por meio de nota, o Vasto Restaurante, local onde aconteceu a agressão, lamentou o episódio.

Entenda o caso

Ainda de acordo com testemunhas ouvidas pela PCDF, três mulheres se aproximaram do palco, entre elas, a empresária, para pedir uma música. Após Andresa entoar a canção solicitada, Valkiria teria iniciado os insultos, alegando que a profissional não sabia cantar.

De acordo com o boletim de ocorrência, para evitar conflitos, a artista disse que aprenderia a canção corretamente em outra oportunidade. A cliente, no entanto, agrediu Andresa com dois tapas no braço, que seguiu ouvindo as provocações.


O Liberal

Remo denuncia caso de racismo contra atacante Jefferson em jogo contra o Cruzeiro: 'Macaco'

Leão venceu a Raposa por 3 a 1 dentro do Independência, em Belo Horizonte (MG), pela Série B do Brasileiro.

Atacante Jefferson. Foto: Reprodução

Autor do segundo gol azulino na vitória do Remo por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, o atacante Jefferson foi alvo de atos de racismo por parte de um torcedor do clube mineiro. O caso foi registrado em vídeo e divulgado pelo próprio Leão, em sua conta oficial no Instagram.

Na postagem, o Remo ainda cobra um posicionamento da CBF à respeito da situação e reforça que racismo é considerado crime no Brasil.

A partida foi realizada no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), pela Série B do campeonato brasileiro, na noite desta quinta-feira (28), e levou o Remo à 11ª colocação da competição, enquanto que derrubou o Cruzeiro para o 13º lugar.


O Liberal


Após 18 anos, Bolsa Família faz seu último pagamento nesta sexta-feira

Programa será extinto e substituído pelo novo programa do governo Auxílio Brasil.

Foto: Reprodução 

Nesta sexta-feira (29), mais de 1 milhão de brasileiros vão sacar sua parcela do Bolsa Família, como fazem todos os meses. E acabou.

Depois de 18 anos, o programa de transferência de renda  paga seus últimos beneficiários antes de sair de cena, extinto pela Medida Provisória 1.061, que cria o Auxílio Brasil.

Oficialmente, o Bolsa Família só termina na próxima semana, quando a lei que o criou será revogada. E ainda pode voltar – caso o Congresso deixe caducar ou altere MP. Mas, pelo menos por enquanto, é o fim.

Para os beneficiários – 14,84 milhões em outubro, segundo o Ministério da Cidadania – o que vem é a expectativa do novo modelo de programa que será implantado.

O governo promete começar a pagar o Auxílio Brasil já em novembro. Mas, ainda na quinta-feira, anunciou mudanças no valor: depois de prometer um valor mínimo de R$ 400 aos beneficiários, vai deixar esse valor para dezembro. Para o próximo mês, fica valendo apenas o reajuste de 20%.


G1

quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Senado aprova projeto que aumenta punição para ofensa à vítima durante julgamento

O projeto foi apresentado em novembro de 2020 após a repercussão nacional do caso de Mariana Ferrer.

Mariana Ferrer. Foto: Reprodução

O Senado Federal aprovou na última quarta-feira (27), um projeto que aumenta a punição para quem constranger vítimas e testemunhas de crimes durante a realização de audiências e julgamentos. Após a aprovação pela Câmara, o projeto segue para sanção presidencial.

Ns prática, a proposta altera o Código Penal para aumentar a pena do crime de coação no curso do processo, que é quando uma pessoa usa de violência ou ameaça durante um processo judicial. Atualmente, a pena prevista para a prática é de um a quatro anos de reclusão e multa. Porém, se a proposta virar lei, a punição será maior especialmente em casos onde a coação seja feita durante um processo sobre crime contra a dignidade sexual, onde pode ser aumentada de um terço até a metade da pena inicial.

Além disso, o projeto também determina que durante as audiências e no julgamento, em especial durante a apuração de crimes contra a dignidade sexual, promotores, advogados, juízes e demais participantes devem “zelar pela integridade física e psicológica da vítima”. Caso contrário, poderão responder civil, penal e administrativamente.

A relatora do projeto no Senado, Simone Tebet (MDB-MS), que lidera a bancada feminina do Senado explica que a matéria "visa reprimir a chamada vitimização secundária" assim como dano psicológico causado à vítima após condutas de agentes do próprio Estado.

Idealização

O projeto foi apresentado em novembro de 2020 após a repercussão nacional do caso de Mariana Ferrer. A blogueira de Santa Catarina acusou o empresário André de Camargo Aranha de estupro em dezembro de 2018, mas ele foi absolvido. Durante uma audiência no processo, o advogado de defesa de André, Cláudio Gastão da Rosa Filho, exibiu fotos de Mariana Ferrer dizendo que eram imagens “ginecológicas” e destacou que “jamais teria uma filha” do “nível” da blogueira.


Com informações do G1

Um dos maiores líderes de facções criminosas do Brasil é preso pela Polícia Civil do Pará

3ª e última fase da operação 'Perfídia' cumpriu 17 mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão em quatro municípios do norte e nordeste do país.

Foto: Reprodução

Durante a 3ª e última fase da operação 'Perfídia', deflagrada pela Polícia Civil do Pará e iniciada nesta quarta-feira (27), foram cumpridos 17 mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão em Apuí (AM), Santa Isabel (PA), Tucuruí (PA) e Natal (RN). Um dos detidos é Anilton Da Silva Rodrigues, conhecido como 'Nariz de Bruxa', um dos maiores líderes de facções criminosas do Brasil.

O objetivo da ação policial foi acabar com uma associação criminosa que distribui drogas em Tucuruí, sudeste do Pará, e prender os responsáveis pelo tráfico de drogas e pela gestão financeira dos produtos ilegais, além dos suspeitos que comercializavam entorpecentes na cidade.

Na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte, foram cumpridos três mandados de prisão, que incluem a de Anilton 'Nariz de Bruxa'. Já em Apuí, no Amazonas, foram realizados quatro mandados de prisão preventiva e um de recaptura contra um mesmo suspeito.

De acordo com o delegado Thiago Mendes, superintendente da 9ª Regional do Lago de Tucuruí, que esteve à frente da operação, a ação contou com apoio de equipes dos municípios paraenses de Goianésia, Pacajá, Novo Repartimento, Breu Branco e Jacundá.

"A operação foi muito exitosa, já que conseguimos prender os principais líderes do tráfico de entorpecentes do município de Tucuruí. O combate ao crime de tráfico de entorpecentes reflete em outros tipos de crime, como furto, roubo, homicídios por execução, então, a ação foi uma efetiva resposta à sociedade", pontuou o superintendente.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, foram encontrados uma quantidade de drogas, dinheiro, balanças de precisão e vários celulares utilizados pelos criminosos na prática dos crimes.

Segundo o órgão, todos os presos serão encaminhados ao sistema penitenciário e ficarão à disposição da Justiça.

Histórico de crimes

Segundo registros policiais, Anilton 'Nariz de Bruxa' acumula diversas passagens pela polícia por envolvimento em assaltos a banco e formação de quadrilha.

As ações criminosas abrangiam estados do norte, nordeste e centro-oeste do Brasil — como Maranhão, Tocantins e Goiás — e incluíam até mesmo o uso de explosivos e equipamentos sinalizados como sendo da Polícia Federal.

De acordo com informações da Polícia Civil, o criminoso também possui histórico de porte de armamento de grosso calibre, de uso exclusivo das forças armadas.


G1 Pará

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto

Também recebem hoje inscritos no Bolsa Família com NIS 9.

Foto: Reprodução

Trabalhadores informais nascidos em agosto recebem hoje (28) a sétima parcela do auxílio emergencial em 2021. O benefício tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

Também recebem hoje a sétima parcela do auxílio emergencial os participantes no Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de final 9. As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto.

Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pela rodada do auxílio emergencial deste ano, que começou a ser pago em abril.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da sétima parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 18 e segue até a amanhã (29). O auxílio emergencial somente é depositado quando o valor é superior ao benefício do programa social. Em todos os casos, o auxílio está sendo pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à atual rodada.

O programa se encerraria em julho, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas. A partir de novembro, o público do Bolsa Família será migrado para o Auxílio Brasil.


Agência Brasil

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Gilberto Braga, autor de 'Vale Tudo', 'Dancin' Days' e 'Celebridade', morre aos 75 anos

Criador de vilões inesquecíveis, como Odete Roitman, novelista foi um dos maiores nomes da teledramaturgia brasileira.

Gilberto Braga. Foto: Reprodução
Autor de novelas clássicas da TV brasileira como "Dancin' Days" (1978), "Vale Tudo" (1988) e "Celebridade" (2003), e criador de vilões inesquecíveis, Gilberto Braga morreu nesta terça-feira (26), aos 75 anos, no Rio.

O sobrinho do autor Bernardo Araújo disse que o tio estava internado desde sexta-feira (22) e sofreu uma septicemia. O novelista estava no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

De acordo com Bernardo, o tio "vinha há alguns anos com vários problemas de saúde e passou por uma cirurgia na coluna, uma no coração e uma hidrocefalia", além de já apresentar dificuldades para andar.

"Aí ele acabou indo para o hospital na semana passada. Ele foi internado já bem mal, e lá foi constatada uma infecção generalizada", explicou.

Entre outros trabalhos marcantes de Braga, estão também as novelas "Corpo a Corpo" (1984), "Rainha da Sucata" (1990), da qual foi colaborador, e "O Dono do Mundo" (1991), além das minisséries "Anos Dourados" (1986) e "Anos Rebeldes" (1992).

Foto: Reprodução
Braga também foi indicado ao Emmy Internacional de melhor telenovela por "Paraíso Tropical" (2008). Sua última produção foi "Babilônia" (2015), exibida pela TV Globo.

Gilberto era casado com o decorador Edgar Moura Brasil, companheiro dele por quase 50 anos.


G1

terça-feira, 26 de outubro de 2021

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em junho

Também recebem hoje inscritos no Bolsa Família com NIS 7.

Foto: Reprodução
Trabalhadores informais nascidos em junho recebem hoje (26) a sétima parcela do auxílio emergencial em 2021. O benefício tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro é depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a três semanas após o depósito, o valor poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

Também hoje, recebem a sétima parcela do auxílio emergencial os participantes no Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) de final 7. As datas da prorrogação do benefício foram anunciadas em agosto.

Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros estão sendo beneficiados pela rodada do auxílio emergencial deste ano. O benefício começou a ser pago em abril.

Foto: Reprodução
Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS.

O pagamento da sétima parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 18 e segue até a próxima sexta-feira (29). O auxílio emergencial somente é depositado quando o valor é superior ao benefício do programa social.

Foto: Reprodução
Em todos os casos, o auxílio está sendo pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à atual rodada (veja guia de perguntas e respostas no último parágrafo).

O programa se encerraria em julho, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para as parcelas. A partir de novembro, o público do Bolsa Família será migrado para o Auxílio Brasil.


Agência Brasil

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Bebê morre em creche após supostamente ser colocada em saco para dar 'menos trabalho'

Para os pais, os funcionários do estabelecimento relataram que a criança teria se engasgado.

Foto: Reprodução
Uma bebê de seis meses morreu em uma creche irregular após supostamente ser colocada em um saco para dar ‘menos trabalho’. A criança chegou a ser levada para o hospital, onde recebeu manobras de ressuscitação por cerca de 20 minutos, mas já chegou sem vida na unidade. O caso aconteceu no Setor Residencial Leste, em Planaltina, no Distrito Federal. 

Para os pais, funcionários do estabelecimento informaram que a criança teria se engasgado, porém, as investigações policiais apontaram que a menina foi colocada dentro de um saco para ficar imobilizada pois chorava muito. A creche foi interditada e o crime está sendo investigado pela 31º Delegacia de Polícia.

Três servidoras do estabelecimento já foram ouvidas, uma delas afirmou que a bebê chorava muito no berçário e viu o momento que uma das donas se irritou, entrou no quarto e fechou a porta. Segundo ela, o choro aumentou e, em seguida, parou. A mulher relatou que entrou no local e encontrou a menina desfalecida. 

Conforme o delegado do caso, Veluziano de Castro, a creche era administrada por duas mulheres, sendo que apenas uma trabalhava diariamente no local. O estabelecimento atuava de maneira precária e irregular, atendendo mais de 40 crianças, sem a mínima estrutura de funcionamento.

Em nota, o governo do DF informou que o processo de licenciamento da creche não foi finalizado porque faltavam as autorizações da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Educação. O caso segue sendo investigado. 


G1

Petrobras anuncia novo aumento no preço do diesel e da gasolina a partir de terça-feira (26)

O preço médio do litro da gasolina passará de R$ 2,98 para R$ 3,19; já no caso do diesel, subirá de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro.

Foto: Reprodução
A Petrobras anunciou que realizará, a partir de terça-feira (26), ajuste nos seus preços de gasolina A e diesel A para as distribuidoras.

O preço médio de venda da gasolina A da Petrobras, para as distribuidoras, passará de R$ 2,98 para R$ 3,19 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,21 por litro, ou 7,05%.

Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço da gasolina na bomba passará a ser de R$ 2,33 por litro em média. Uma variação de R$ 0,15 por litro, ou avanço de 6,88%.

Para o diesel A, o preço médio de venda da Petrobras, para as distribuidoras, passará de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,28 por litro, ou alta de 9,15%.

Considerando a mistura obrigatória de 12% de biodiesel e 88% de diesel A para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço do diesel na bomba passará a ser de R$ 2,94 por litro em média. Uma variação de R$ 0,24, ou 8,89%.

Após o anúncio, as ações da Petrobras intensificaram os ganhos. Às 11h11 (horário de Brasília), os papéis PETR3 subiam 4,55%, a R$ 29,17, enquanto os PETR4 subiam 4,49%, a R$ 28,40.

A companhia disse em comunicado que reitera seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos, das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais.

“Esses ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”, aponta.

A empresa destaca que o alinhamento de preços ao mercado internacional se mostra especialmente relevante no momento que vivenciamos, com a demanda atípica recebida pela Petrobras para o mês de novembro de 2021.


Info Money

sábado, 23 de outubro de 2021

Governo Federal anuncia o Auxílio Brasil

Benefício começará a ser pago em novembro e terá reajuste linear de 20%.

Foto: Reprodução 

Auxílio Brasil, programa social que substituirá o Bolsa Família, começará ser pago em novembro e terá reajuste linear de 20%, de acordo com o ministro da Cidadania, João Roma, em pronunciamento feito na quarta-feira (20). A determinação do Presidente Jair Bolsonaro é que as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza não recebam menos de R$ 400.

“O programa permanente, que é o Auxílio Brasil, que sucede o Bolsa Família, esse programa tem um tíquete médio, portanto, o valor do benefício varia de acordo com a composição de cada família. Então, existem famílias que estão recebendo menos de R$ 100, e tem outras que recebem até mais de R$ 500. Esse programa terá um reajuste de 20%", explicou o ministro da Cidadania, João Roma.

“Além disso, o Presidente Jair Bolsonaro nos demandou que a todos aqueles que fazem parte da pobreza e extrema pobreza que estão no programa social através do Cadastro Único, do SUAS [Sistema Único de Assistência Social], que nenhuma dessas famílias beneficiárias receba menos de R$ 400”, detalhou João Roma.

“Estamos estruturando um benefício transitório que funcionaria até dezembro do próximo ano e esse benefício transitório teria por finalidade equalizar o pagamento desses benefícios para que nenhuma dessas famílias recebam menos de R$ 400”, explicou o ministro.

Ampliação

Segundo João Roma, o número de beneficiários será ampliado em relação ao Bolsa Família e deve chegar a 16,9 milhões de famílias. Até dezembro será zerada a fila do programa permanente. “Em novembro já começa ser pago o Auxílio Brasil e em dezembro ele vai, portanto, zerar a fila. Hoje, o programa permanente contempla 14,7 milhões de famílias e pretendemos chegar perto de 17 milhões de famílias”, disse o ministro.

O ministro da Cidadania afirmou, ainda, que o Auxílio Brasil é um programa transformador que busca emancipar o cidadão. “O Auxílio Brasil está integrando políticas sociais para que dessa maneira possamos, além de oferecer uma teia de proteção social para a população em situação de vulnerabilidade, poder também agir com forte peso na transformação social oferecendo possibilidades e estímulos a esses brasileiros para que possam encontrar melhor qualidade de vida”, disse João Roma.

No pronunciamento, o ministro da Cidadania explicou que as áreas econômica e social do governo estão tratando internamente e em interlocuções com o Congresso Nacional para que esses avanços, para atender às necessidades do povo brasileiro, ocorram de acordo com as regras de responsabilidade fiscal.

Auxílio Brasil

Dentro do Auxílio Brasil há nove modalidades diferentes de benefícios. Ele integra em um só programa várias políticas públicas de assistência social, saúde, educação, emprego e renda. Outra característica fundamental é promover o desenvolvimento infantil e juvenil por intermédio de apoio financeiro a gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes.

A iniciativa prevê medidas para inserir jovens e adultos no mercado de trabalho, articulando as políticas de assistência social com as ações de inclusão produtiva, empreendedorismo e entrada na economia formal.


Agência Brasil 

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Entra em vigor lei que proíbe sacrifício de cães e gatos de rua

Lei foi publicada na quinta-feira (21) e passará a valer em 120 dias.

Foto: Reprodução
Foi publicada na quinta-feira (21), a Lei 14.228/21, que proíbe a eutanásia de cães e gatos de rua por órgãos de zoonose, canis públicos e estabelecimentos similares. A lei passará a valer em 120 dias. Eis a íntegra .

A exceção é para casos de doenças graves ou enfermidades infectocontagiosas incuráveis que coloquem em risco a saúde humana e de outros animais.

Nesses casos, um laudo técnico deverá comprovar a legalidade da eutanásia, e entidades de proteção animal deverão ter acesso irrestrito à documentação. 

O texto foi aprovado no final de setembro pelo Congresso Nacional e tem autoria dos deputados federais Ricardo Izar (PP-SP) e Celio Studart (PV-CE). 

“A ideia central do projeto é a proteção animal e o incentivo à adoção, retirando de cena o abatimento desmotivado e desarrazoado de animais sem doença infectocontagiosa incurável”, informou a Secretaria-Geral da Presidência da República, em comunicado. 

Em caso de descumprimento da lei, o infrator estará sujeito às penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais.


Poder 360

quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Mega-Sena pode pagar R$ 21 milhões nesta quinta-feira

Apostas podem ser feitas até as 19h em lotéricas ou pela internet. Valor da aposta mínima é de R$ 4,50.

Foto: Reprodução
O concurso 2.421 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 21 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quinta-feira (21) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. A aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada também pela internet até 19h - saiba como fazer.

Esta semana, a Mega-Sena será sorteada na terça (19), nesta quinta e no sábado (23).

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.


G1

Publicidade

Responsive Full Width Ad