Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Ufopa divulga resultado da primeira chamada do processo seletivo regular 2021

Entre os cursos mais procurados está o bacharelado em Engenharia Civil em Itaituba. Confira as datas de habilitação.


Foto On News


 

Na manhã desta quarta-feira, (24), a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), divulgou o resultado da primeira chamada do Processo Seletivo Regular (PSR) - 2021. Ao todo, 1.405 candidatos foram selecionados.  

Dentre as 7.108 inscrições, 93,77%, foram do estado do Pará, sendo 77,6% dos sete municípios da região Oeste, onde há campus da Universidade (Alenquer, Itaituba, Juruti, Monte Alegre, Óbidos e Oriximiná). Também houve inscrições de candidatos de Belém, Altamira e de outros municípios paraenses; além de inscritos de outros estados brasileiros, como Amazonas, São Paulo, Espírito Santo, e outros. Do total de inscritos, 90 candidatos se declararam PcD (Pessoas com Deficiência).

Os cursos mais procurados foram: Bacharelado em Farmácia (29.29 candidatos por vaga) e Bacharelado em Direito (29.03/vaga), no Campus Santarém; Bacharelado em Administração, no Campus Alenquer (8.5/vaga); e Bacharelado em Engenharia Civil, no Campus Itaituba (8.22/vaga).

 

HABILITAÇÃO

A habilitação será de 25 de junho a 11 de julho de 2021exclusivamente pela Internet, considerando o período pandêmico que se vive em todo o país. A habilitação consiste na apresentação, pelo candidato convocado e classificado, dos documentos exigidos no edital, comprovando os dados declarados no ato da inscrição.

A documentação deve ser enviada pela plataforma de habilitação do PSR 2021, disponível no site da Ufopa. Para acesso, é preciso inserir o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e a senha utilizada no momento da inscrição do PSR/Ufopa 2021.

É necessária muita atenção no processo da habilitação. Uma vez finalizado o procedimento de prestar as informações e de encaminhamento dos documentos, o candidato não poderá mais realizar alteração dos dados, nem dos documentos encaminhados.

edital da habilitação nº 6/2021-CPPS/Ufopa alerta que não serão aceitos recursos com a finalidade de entregar e adicionar documentos que deveriam ter sido apresentados no ato da habilitação do processo seletivo.

 

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE À 2ª CHAMADA

Os candidatos não selecionados na primeira convocação e que desejarem continuar concorrendo às vagas remanescentes para a segunda chamada devem manifestar interesse no campo disponível no site, no período de 24 de junho a 26 de julho de 2021, conforme previsto no edital nº 02/2021-CPPS/Ufopa, de 5 de março de 2021.

 

PERÍCIA MÉDICA

Os candidatos classificados na condição de PcD devem apresentar o laudo médico na plataforma de habilitação, e na avaliação médica pericial da Ufopa, que deverá ser agendada pelo candidato por e-mail, no período de 24 de junho a 2 de julho de 2021. No e-mail deve constar o nome completo do candidato, o curso no qual se inscreveu e o laudo anexado.

 

O agendamento deve ser feito no e-mail correspondente ao campus do curso escolhido, conforme a lista:

Cursos do Campus de Santarém: siasstapajos@ufopa.edu.br

Campus de Óbidos: obidos@ufopa.edu.br

Campus de Oriximiná: oriximina@ufopa.edu.br

Campus de Itaituba: itaituba@ufopa.edu.br

Campus de Monte Alegre: academicacmal@ufopa.edu.br

Campus de Alenquer: alenquer@ufopa.edu.br

Campus de Juruti: juruti@ufopa.edu.br

Início das aulas: As atividades letivas do ano de 2021 começam no dia 5 de outubro de 2021.


DATAS IMPORTANTES

1ª Convocação para Habilitação do PSR 2021: 24/06

Habilitação-envio dos documentos pela plataforma: 25/06 a 11/07

Agendamento da perícia médica por e-mail: 24/06 a 02/07

Realização da perícia de acordo com agendamento: 24/06 a 22/07

Manifestação de interesse: 24/06 a 26/07


LINKS PARA ACESSO:

Edital da habilitação nº 6/2021-CPPS/Ufopa

Link para manifestação de interesse

Acompanhamento do PSR Unificado 2021 na página da Proen  

Contato para dúvidas: psr@ufopa.edu.br 


Fonte: On News/Ufopa 


segunda-feira, 7 de junho de 2021

Ufopa divulga editais de Processos Seletivos Indígena e Quilombola com mais de 170 vagas

 Inscrições começam na terça-feira (8) e seguem até 23 de junho pela internet.

Foram divulgados nesta segunda-feira (7) os editais dos Processos Seletivos Especiais (PSE) Indígena e Quilombola da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) para ingresso em 2021. As inscrições iniciam na terça-feira (8) e seguem até o dia 23 de junho.

O processo de inscrição será feito exclusivamente pela internet, considerando o horário de Belém. Os processos serão executados pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) e serão realizados, totalmente, de forma on-line.

Os dois editais totalizam mais de 170 vagas nas unidades da Ufopa em Santarém e outros municípios da região.

O PSEI/Ufopa 2021 ofertará 85 vagas para os cursos de graduação oferecidos pela Universidade, sendo 68 vagas para os cursos ofertados no Campus de Santarém e 17 vagas para os campi regionais, distribuídas entre os municípios de Alenquer, Itaituba, Juruti, Óbidos e Oriximiná. Os candidatos farão uma única prova com redação em língua portuguesa, de forma on-line. O comando da prova estará disponível a partir do dia 7 de julho de 2021 no portal da Fadesp: www.portalfadesp.org.br. Os candidatos devem imprimir o formulário e fazer a redação de forma manuscrita. Depois, anexar essa prova manuscrita, devidamente legível, no formato PDF ou JPEG, em seu login próprio de inscrição, na Área do Candidato na plataforma eletrônica, até o 13 de julho de 2021.

Fonte: G1 Santarém




Prédio da UFOPA Itaituba. Foto: On News 


Itaituba: Candidatos realizaram prova do concurso da Polícia Militar


Além de Itaituba, os municípios de Altamira, Belém, Marabá, Redenção e Santarém, também aplicaram as provas seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19.

A prova para o cargo de praça masculino da Polícia Militar do Pará ocorreu no domingo (06) nos municípios de Altamira, Belém, Itaituba, Marabá, Redenção e Santarém, seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. Tudo ocorreu da normalidade. A Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) trabalha atenta ao cenário epidemiológico para que o cronograma do certame da Polícia Militar seja executado de forma segura e obedecendo a todos os dispositivos legais.

O avanço na realização do concurso da Polícia Militar reforça o compromisso da atual gestão de avançar na área de segurança pública e priorizar o acesso ao funcionalismo público estadual por meio de concursos.

"Priorizamos mais melhorias na segurança pública, por isso seguimos trabalhando sem medir esforços e cumprindo os protocolos de segurança no combate à Covid-19 na realização dos concursos públicos em nosso Estado, para que em breve a nossa população possa contar com o aumento do efetivo nas ruas, proporcionando mais tranquilidade”, ressaltou Hana Ghassan, titular da Seplad.


A verificação de temperatura foi uma das medidas de prevenção adotadas nos locais de prova - Foto Ascom/Seplad

Oportunidade 

O candidato Lucas da Silva Lima, que reside no Estado do Tocantins, viu o certame para a PM do Pará como uma boa oportunidade de ingresso no serviço público. "Fiz uma boa prova, achei que estava bem elaborada. Eu estava estudando há um bom tempo. Sempre gostei da carreira policial, e por isso decidi fazer. Agora é aguardar a aprovação e ser chamado para servir aqui no Pará", disse Lucas Lima.

Neste domingo, 67.203 candidatos realizaram a prova para o cargo de praça masculino. O certame oferta 2.405 vagas, sendo 2.310 para praças e 95 para oficiais.

Fonte: Agencia Pará



sexta-feira, 22 de maio de 2020

Governo prorroga prazo de inscrição do Enem até dia 27

Medida foi anunciada pelo ministro da Educação pelo Twitter

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou a prorrogação do prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 para a próxima quarta-feira (27). Pelo calendário inicial, as data limite para os estudantes se inscreverem era hoje (22).


As inscrições começaram no último dia 11 e podem ser feitas por meio da página do Enem na internet.

De acordo com Weintraub, mais de cinco milhões de estudantes já se inscreveram para a prova até a manhã desta sexta-feira (22). “Como já anunciei, os candidatos inscritos serão ouvidos, em junho, pela Página do Participante, do Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira]. Eles, os interessados, vão escolher quando fazer a prova”, explicou o ministro, em outra publicação no Twitter.

Na quarta-feira (20), o Ministério da Educação anunciou o adiamento do Enem por algo entre 30 a 60 dias, em razão dos impactos ocasionados na sociedade pela pandemia de covid-19. As provas impressas estavam previstas para serem aplicadas em 1º e 8 de novembro e as provas do Enem digital para os dias 22 e 29 de novembro.

A estrutura dos dois exames será a mesma. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. A redação será manuscrita, em papel, nas duas modalidades. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira - inglês ou espanhol.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio.

Quem tem direito à gratuidade da taxa de inscrição, por se enquadrar nos perfis previstos nos editais do Enem, terá a isenção automática, a partir da análise dos dados declarados no sistema. A regra se aplica, inclusive, aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência. De acordo com o Inep, a medida beneficia quem teve dificuldades em realizar a solicitação de isenção devido às restrições impostas pelo isolamento social decretado em razão da pandemia de covid-19.



Edição: Aline Leal

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Dia do Pedagogo: profissionais enfrentam desafios durante isolamento

Mercado de trabalho é amplo, mas salários ainda são baixos

No Dia do Pedagogo, comemorado hoje (20) no Brasil, os profissionais buscam se adaptar às novas necessidades da educação, como o ensino a distância, provocado pelo isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus.


Muito esforço tem sido feito, tanto por professores quanto por instituições de ensino, para dar continuidade aos estudos, sem prejudicar o avanço dos alunos. Esse tem sido um desafio para os educadores, já que ninguém estava preparado para essa nova situação - de levar a metodologia educacional para o mundo online.

“Rapidamente tivemos que buscar ferramentas que nos permitissem manter o contato com o aluno, criar salas de aula virtuais, repensar processos de avaliação, propor atividades que os alunos pudessem realizar em casa, manter uma rotina. As escolas e instituições de ensino superior têm enfrentado este momento de formas diferentes, específicas, mas há pontos em comum”, afirma a coordenadora do curso de Pedagogia da Universidade Santo Amaro (Unisa), professora Tatiana da Silva Calsavara.

Doutora em educação, Tatiana conta que participa deste cenário sob diferentes pontos de vista - “como coordenadora, docente e como mãe. Tenho refletido muito sobre isso, o que funciona, o que não funciona tão bem, o que pode ser mudado. Um problema com que, de início, nos deparamos é a má qualidade da internet brasileira e, inclusive, a falta de acesso por grande parte dos alunos e até professores”, diz.

Ela lembra outro ponto desta inovação forçada. “Além disso, são buscadas formas que não podem ser iguais às do ensino presencial, mas que precisam manter a qualidade, a proximidade, a interatividade. É preciso repensar a educação e isso é muito bom, pois a história mostra que em momentos de desafios como esse, construímos novos caminhos, novas propostas. Daqui a algum tempo, poderemos, de forma mais específica, analisar os ganhos e como crescemos com eles”, analisa.

Disciplina e planejamento
Para Tatiana, o momento exige disciplina e planejamento. “Algo que destaco, nesse meu olhar triplo de coordenadora, docente e mãe, é a necessidade de rotina, de planejamento, de interatividade, de interdisciplinaridade, de leitura, e destaco a importância da literatura, seja qual for a área de formação”. Tatiana afirma que a literatura ajuda a compreender o ser humano. “Essa valorização da arte, da cultura, da literatura, do cinema neste momento, que é onde as pessoas buscam refúgio, é um grande desafio para os pedagogos, pois nos coloca na posição de repensar o papel desses elementos, que são também ferramentas pedagógicas, tão essenciais à humanidade e à necessidade de nos mantermos sãos em tempos de medo e incertezas”.

Mercado de trabalho 
O pedagogo tem como principal atuação a docência e a gestão da escola, incluindo orientação e supervisão. Na legislação atual, o pedagogo é formado para atuar na educação básica, na docência das séries iniciais do ensino fundamental e educação infantil e também na gestão de instituições de ensino, abrangendo o ensino superior. Ele pode atuar em instituições públicas ou privadas.

“Hoje em dia, muitos pedagogos também são contratados para atuar em empresas (pedagogia empresarial) ou hospitais (pedagogia hospitalar). Esses últimos estão naquilo que chamamos de espaços não escolares, que estão previstos na legislação vigente. O pedagogo deve ser preparado para atuar nessas áreas, que incluem ainda organizações não governamentais, fundações, comunidades, editoras (consultoria), entre outros espaços”, lembra a coordenadora.

O mercado de trabalho é amplo, porém os salários variam muito. A faixa salarial do pedagogo fica entre R$ 1.996,00 e R$ 6.233,11, sendo que R$ 2.293,22 é a média do piso salarial 2020. “Como é uma profissão que exige formação constante e uma visão de mundo que inclui acesso à cultura, arte, livros, pesquisas, novas tecnologias, a faixa salarial é baixa, já que o docente acaba investindo parte considerável de seu salário para se qualificar e manter seu currículo competitivo no mercado de trabalho. Os melhores salários na área são destinados aos que apresentam melhores qualificações”, observou Tatiana.

Desafios atuais
A formação continuada, porém, com a falta de cursos gratuitos, é um dos desafios da profissão. “O pedagogo deve estar disposto a aprender sempre, a buscar novas ferramentas para o ensino, novas perspectivas. Ele deve ter uma formação que lhe permita ler o cenário atual e atuar nele de forma a contribuir com o processo educacional, com os desafios do tempo presente. Ensino e pesquisa caminham juntos e, mais do que nunca, vemos a necessidade do embasamento em evidências, em dados, em análises consistentes”, afirma Tatiana.

A psicopedagoga e professora Leila do Vale Nascimento de Melo concorda com Tatiana quanto à importância da formação continuada e lamenta a falta de recursos. “Os desafios da profissão são a falta de materiais adequados à faixa etária das crianças, a ausência dos pais, a falta de cursos gratuitos de qualificação, entre outras dificuldades do dia a dia escolar”.

Para Leila, que trabalha atualmente como professora de educação infantil no Centro Bryan Biguinati Jardim, o ensino a distância também tem se mostrado difícil. “A adaptação ao ensino a distância tem sido um desafio a ser vencido todos os dias, pois sempre surgem dificuldades estruturais no caminho. Ainda mais que não tivemos orientações prévias, com um tempo hábil para aprender de fato. Fora isso, temos de pensar em atividades que atendam às crianças com necessidades especiais e não temos um suporte nesse sentido".

Na opinião de Tatiana Calsavara , a educação é um processo que, para muitos, parece lento, “mas é o melhor meio para construir um futuro de qualidade. "Mais do que nunca, se percebe a importância da educação para a sociedade, a importância do professor como detentor de um saber específico. Repensar as tecnologias, o papel do professor, a interatividade de qualidade com o aluno, a importância da leitura, de uma formação crítica e de como colocar isso além do espaço físico da sala de aula é o grande desafio deste momento”.

Edição: Graça Adjuto

terça-feira, 12 de maio de 2020

Enem tem 1 milhão de inscritos em apenas 8 horas

Versão digital já tem vagas esgotadas em 44 cidades

Em apenas oito horas, o primeiro dia de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 recebeu 1.013.345 candidatos. Na edição anterior, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação da prova, registrou a mesma marca depois de 10 horas. O prazo para se inscrever no Enem vai até 22 de maio. O processo deve ser realizado pela internet, na Página do Participante.


Digital
Também no primeiro dia ontem (11), 44 cidades tiveram todas as vagas preenchidas para realização de provas por meio de computadores disponibilizados pelo Inep. Das vagas abertas para o Enem Digital, cerca de 101 mil, 75.798 já foram ocupadas por participantes que optaram por este modelo. A versão digital terá aplicação-piloto em 99 cidades distribuídas em todos os estados e no Distrito Federal.

As vagas para as provas em computador estão esgotadas em Maceió (AL), Macapá (AP), Manaus (AM), Salvador (BA), Feira de Santana (BA), Quixadá (CE), Sobral (CE), Fortaleza (CE), Brasília (DF), Vila Velha (ES), Cariacica (ES), Cachoeiro de Itapemirim (ES), Vitória (ES), Anápolis (GO), Goiânia (GO), Imperatriz (MA), São Luiz (MA), Dourados (MS), Contagem (MG), Betim (MG), Governador Valadares (MG), Ipatinga (MG), Belém (PA), Santarém (PA), Francisco Beltrão (PR), Recife (PE), Petrolina (PE), Caruaru (PE), Teresina (PI), Parnaíba (PI), Duque de Caxias (RJ), Nova Iguaçu (RJ), Rio de Janeiro (RJ), São Gonçalo (RJ), Petrópolis (RJ), Santa Maria (RS), Porto Alegre (RS), Boa Vista (RR), Criciúma (SC), São José do Rio Preto (SP), Sorocaba (SP), Osasco (SP), Barueri (SP) e Santos (SP).

Isenção
Por causa das restrições provocadas pela pandemia do novo coronavírus (covid-19), quem tem direito à isenção do pagamento da taxa de inscrição, conforme critérios previstos no edital, terá gratuidade, mesmo sem o pedido formal. Para os demais participantes, a taxa é a mesma do ano passado: R$ 85.

Foto
Segundo o Inep, todos os inscritos devem anexar fotos ao sistema, o que aumenta a segurança da aplicação. A foto deve ser atual, com todo o rosto enquadrado, iluminado e com foco, sem uso de óculos escuros ou artigos de chapelaria (boné, chapéu, lenço, gorro ou similares). O arquivo deve ser JPG, JPEG ou PNG, com tamanho máximo de 2 MB. O sistema não recebe arquivos em formato PDF.

As solicitações de recursos de acessibilidade podem ser feitas durante o ato de inscrição para a versão impressa do exame, até 22 de maio. Nesta edição, gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar foram incluídos na denominação “especializado”.

Prova
Este ano, o exame permanece com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro. Já a versão digital, em 22 e 29 de novembro. 

Edição: Kleber Sampaio

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Inscrições para o Enem 2020 começam nesta segunda-feira

Participante pode optar entre exame impresso ou digital

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começam nesta segunda-feira (11) e vão até o dia 22 de maio. Elas poderão ser feitas por meio da página do Enem na internet.


Enem digital
A partir deste ano o Enem terá duas modalidades de provas, as impressas, com aplicação prevista para os dias 1º e 8 de novembro, e as digitais, para os dias 22 e 29 de novembro. O participante que optar por fazer o Enem impresso não poderá se inscrever na edição digital e, após concluir o processo, não poderá alterar sua opção.

A estrutura dos dois exames será a mesma. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira - inglês ou espanhol.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio.

Isenção de taxa
De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), todos os participantes que se enquadrarem nos perfis especificados nos editais, mesmo sem o pedido formal, terão isenção da taxa. A regra vale tanto para os participantes que optarem pelo Enem impresso quanto para os que escolherem o Enem digital e se aplica, inclusive, aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência.

Portanto, no ato da inscrição para o Enem 2020, terão isenção de taxa os candidatos que estejam cursando a última série do ensino médio este ano, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica; tenham feito todo o ensino médio em escolas da rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada e tenham renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio; ou declarem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

A consulta aos resultados dos pedidos de recurso para a isenção de taxa de inscrição do Enem, os interessados devem acessar a Página do Participante, no aplicativo ou no site do Enem, e conferir as informações.

Acessibilidade
A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep visa dar atendimento especializado aos participantes que necessitarem. Para facilitar a compreensão no momento da inscrição, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação "especializado". As solicitações para esses atendimentos também deverão ser feitas entre 11 e 22 de maio. Os resultados serão divulgados em 29 de maio. Para os pedidos que forem negados, está prevista uma fase para apresentação de recursos. O resultado final estará disponível no dia 10 de junho.

Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos entre 25 e 29 de maio, com previsão de divulgação dos resultados em 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho e a disponibilização dos resultados finais em 18 de junho.

Edição: Aécio Amado

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Toffoli pede ao comandante do Exército indicação de novo assessor para o STF

Atual assessor de Toffoli, general Fernando Azevedo e Silva, assumirá Ministério da Defesa. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, pediu ao comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, a indicação de um novo assessor para o STF.

Toffoli pede ao comandante do Exército indicação de novo assessor para o STF

O atual assessor especial de Toffoli, general Fernando Azevedo e Silva, assumirá o Ministério da Defesa no governo de Jair Bolsonaro. Toffoli quer que o novo indicado o auxilie, no STF e no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em análises e políticas voltadas para a área de segurança.

Diálogo com as Forças Armadas

Conforme o blog antecipou em setembro, Toffoli fez o gesto de convidar um militar para assessorá-lo no STF para manter aberto o diálogo com as Forças Armadas. Antes mesmo de assumir o comando do STF, procurou Eduardo Villas Boas para pedir a indicação de um nome para a assessoria pessoal.



O general atendeu ao pedido e apontou um nome de confiança dele para trabalhar ao lado do novo presidente da Corte, o de Azevedo e Silva, que havia entrado recentemente para a reserva compulsória.

Por Andréia Sadi

Acidente entre carreta e ônibus que seguia para concurso de fanfarras na Bahia

Orlando Mota Ferreira dirigia o ônibus que foi atingido pela carreta. Ele estava internado no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. Morreu a sétima vítima da batida entre uma carreta e um ônibus que transportava estudantes que iam para um concurso de fanfarra. O motorista Orlando Mota Ferreira estava internado no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, desde o domingo (25), quando ocorreu o acidente na BR-116, no trecho da cidade de Santa Bárbara.

entre carreta e ônibus que seguia para concurso de fanfarras na Bahia

A morte ocorreu na noite de segunda-feira (26) e a informação foi confirmada pela prefeitura de Euclides da Cunha nesta terça (27). Conforme o boletim da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), até 19h de segunda, 11 pessoas seguiam internadas em hospitais da região.

Orlando dirigia o ônibus escolar que levava estudantes com idades entre 14 e 25 anos, do município de Euclides da Cunha, a cerca de 300 km de Salvador, até Antônio Cardoso, cidade vizinha a Feira de Santana. Uma nota de pesar foi publicada nas redes sociais da prefeitura de Euclides da Cunha. A cidade está em luto de três dias por conta do acidente.

O enterro de cinco vítimas ocorreu na segunda-feira, em Euclides da Cunha. Na ocasião, foram sepultados: Fernando Andrade de Almeida, 29 anos; Jeferson Conceição dos Santos, 30; Rafael José Silva Souza, 26; Rodrigo Carvalho Santos Brandão da Silva, 38 e Marcos Silva Brito, 37 anos. A outra pessoa morta foi Eurides Cardoso, de 63, o condutor da carreta, que era natural da cidade de Conchal (SP). Não há informações sobre o sepultamento dele.

Acidente

A batida entre o ônibus escolar e a carreta ocorreu na manhã de domingo, no km-382 da BR-116, trecho de Santa Bárbara, cidade a cerca de 150 km de Salvador. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), informações iniciais apontam que o motorista da carreta fez uma ultrapassagem indevida, o que causou o acidente.

entre carreta e ônibus que seguia para concurso de fanfarras na Bahia

De acordo com a polícia, por conta da batida, a via ficou interditada por cerca de cinco horas para que as equipes de socorro pudessem ajudar as vítimas e tirar os veículos da rodovia. O acidente ocorreu por volta das 10h50 e a via só foi liberada por volta das 16h. Com a batida, a cabine da carreta e a frente do ônibus ficaram destruídas.

Além das equipes da PRF, guarnições do Grupamento Aéreo (Graer) e do Corpo de Bombeiros estiveram no local do acidente e fizeram o resgate das vítimas. Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a 15ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Serrinha) já iniciou a apuração sobre as causas da batida. O caso está sob investigação.

Por G1 BA

Jato privado de Cardi B faz pouso de emergência em Chicago após piloto passar mal

Segundo o TMZ, o voo com a rapper americana seguia de Los Angeles para Nova York, mas precisou parar em O'Hare para piloto ser atendido. Um jato privado que levaria Cardi B até Nova York no domingo (25) precisou fazer um pouso de emergência em Chicago. Segundo o TMZ, não houve nenhuma falha mecânica na aeronave. Mas o piloto sofreu sérios problemas estomacais e precisou de cuidados médicos.

Jato privado de Cardi B faz pouso de emergência em Chicago após piloto passar mal

Ainda segundo fontes do TMZ, o jatinho ia de Los Angeles para Nova York, na noite de domingo. Na segunda-feira (26), a cantora anunciou em suas redes sociais que havia feito um pouso não programado em Chicago e que estava presa no aeroporto. O voo foi desviado para O'Hare, no noroeste de Chicago, já que o Aeroporto Internacional Midway estava fechado por problemas climáticos

Por G1

Corpos de empresário e mulher vítimas de acidente de avião são velados na Grande BH

Empresário Adolfo Geo, a esposa, Margarida Giannetti Geo, o piloto e o co-piloto morreram no acidente; avião caiu em fazenda no Norte do estado. Os corpos do empresário Adolfo Geo e da esposa dele, Margarida Giannetti Geo, estão sendo velados na manhã desta terça-feira (27) no Parque Renascer Cemitério e Crematório, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além dos dois, o piloto Marco Aurélio Carvalho e o co-piloto Oliver Schmitzer morreram nesta segunda-feira (26) na queda de um avião em Jequitaí, no Norte de Minas.

Corpos de empresário e mulher vítimas de acidente de avião são velados na Grande BH

Segundo o cemitério, a previsão é que os corpos de Adolfo Geo e da Margarida sejam cremados no início desta tarde. A imprensa não foi autorizada a acompanhar a cerimônia. As vítimas foram carbonizadas e, por isso, precisaram do exame de identificação no Instituto Médico Legal da capital. Os corpos do empresário e da mulher dele foram liberados para a família na noite desta segunda.

Adolfo Geo possuía fazendas de confinamento de gado no município de Jequitaí. O acidente ocorreu quando o avião se preparava para pousar na Fazenda Fortaleza Santa Terezinha, de propriedade do empresário. Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave modelo Cessna Citation M2 tinha capacidade para oito passageiros e havia decolado do Aeroporto da Pampulha, na capital mineira.

As causas do acidente serão investigadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). Em nota, o órgão informou ao G1 que investigadores vão realizar uma ação inicial para coletar dados, como fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de testemunhas. O prazo para conclusão das investigações não foi informado.

Depois dos trabalhos de perícia, a Polícia Civil informou que trabalha com a hipótese de falha mecânica no momento em que a aeronave se aproximava da pista de voo da fazenda que pertencia ao empresário.

Por G1 Minas, Belo Horizonte

6ª fase da Operação Lama Asfáltica mira dinheiro desviado de MS e enviado para o exterior

Etapa batizada de Computadores de Lama foi deflagrada nesta terça-feira em quatro cidades. Nas seis fases da operação, a PF contabiliza prejuízos de R$ 432 milhões com fraudes e propinas. A 6ª fase da Operação Lama Asfáltica, deflagrada na manhã desta terça-feira (27), apura desvios e dinheiro do governo de Mato Grosso de Sul e remessas ilegais ao exterior. Chamada de Computadores de Lama, essa etapa mira operações financeiras realizadas por donos de empresas de informática que já tinham sido alvo da Lama Asfáltica.

6ª fase da Operação Lama Asfáltica mira dinheiro desviado de MS e enviado para o exterior

A Polícia Federal cumpre quatro mandados de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão em Campo Grande, Jaraguari, Dourados e Paranhos. Participam mais de 100 agentes federais, 17 servidores da CGU e 33 da Receita Federal. A Justiça também ordenou o bloqueio de contas bancárias de pessoas físicas e empresas.

Entre os locais onde foram cumpridos mandados estão o Tribunal de Contas do Estado (TCE), a sede uma agência de publicidade, casas de empresários e também de advogados. Confira no vídeo abaixo a chegada da força-tarefa em alguns destes locais:

Investigações

Segundo a PF, essa nova fase decorreu da análise dos materiais apreendidos em etapas anteriores, coletados nas fiscalizações e exames periciais. As investigações apontam que os desvios de dinheiro público ocorreram por meio de licitações direcionadas para serviços de informática, aquisição fictícia ou ilícita de produtos, simulação de contratos e uso de “laranjas” para a ocultação de patrimônio.

A Lama Asfáltica começou em 2015, para apurar fraudes em obras públicas. Somando todas as fases, a força-tarefa identificou prejuízos que passam dos R$ 432 milhões. Para o cálculo, são consideradas as fraudes, valores concedidos irregularmente como benefícios fiscais e propinas pagas a integrantes da organização criminosa investigada.

Fases da Lama Asfáltica

1ª fase: foi deflagrada em 9 de julho de 2015 e apurava fraude em obras públicas – em uma delas, a grama que deveria ser plantada ao longo de três rodovias era substituída por capim. Todos os investigados negaram as acusações.

2ª fase: a operação Fazendas de Lama ocorreu em 10 de maio de 2016. Foi a primeira vez que a PF esteve na casa do ex-governador André Puccinelli. Investigação indicou que o dinheiro obtido com corrupção foi usado para a compra de fazendas, daí o nome da ação.

3ª fase: em julho de 2016, foi realizada a ação chamada de Aviões de Lama. Os alvos foram acusados de revender bens de alto valor e dividir o dinheiro com diversas pessoas, com o objetivo de ocultar a origem.

4ª fase: a Máquinas de Lama foi deflagrada em maio de 2017. Conforme a PF, os alvos direcionavam licitações públicas, superfaturavam obras, faziam aquisição fictícia ou ilícita de produtos e corrompiam agentes públicos.

5ª fase: batizada de Papiros de Lama, ocorreu em 14 de novembro de 2017 e teve o objetivo de desarticular grupo suspeito de desviar R$ 235 milhões em recursos públicos, por meio, entre outros, do direcionamento de licitações públicas e superfaturamento de obras públicas. A PF apontou o ex-governador André Puccinelli, que está preso desde junho deste ano, como chefe da organização criminosa. Ele responde por crimes como lavagem e desvio de recursos públicos.

Por Anderson Viegas, G1 MS

Dólar cai abaixo de R$ 3,90, após 5 altas seguidas e com atuação do BC

Banco Central anunciou que fará leilão de US$ 2 bilhões nesta terça. Na véspera, dólar fechou em alta de 2,51%, a R$ 3,9176, acumulando 5 sessões seguidas de valorização. O dólar é negociado em queda nesta terça-feira (27), após uma sequência de 5 altas seguidas, e com atuação do Banco Central para tentar acalmar o mercado em meio a um cenário externo mais turbulento. Às 12h13, a moeda dos EUA caía 0,8%, cotada a R$ 3,8862 . Na mínima do dia até o momento, o dólar chegou a R$ 3,8757. Já o dólar turismo era negociado a R$ 4,06, sem considerar o IOF (tributo). Veja mais cotações.

Dólar cai abaixo de R$ 3,90, após 5 altas seguidas e com atuação do BC

Na véspera, o dólar fechou em alta de 2,51%, a R$ 3,9176, maior patamar fechamento desde 2 de outubro (R$ 3,9333). Segundo a agência Reuters, foi a maior alta percentual desde 14 de junho, o que levou o Banco Central a anunciar uma intervenção no câmbio.

O BC irá ofertar nesta terça US$ 2 bilhões em operações de venda de moeda com compromisso de recompra, os chamados leilões de linha, com o objetivo de prover liquidez ao mercado. São operações novas que se somam aos leilões de rolagem de contratos de swap cambial tradicional (equivalente à venda futura de dólares).

O Banco Central também realiza nesta sessão leilão de até 13,6 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de dezembro, no total de US$ 12,217 bilhões. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

Alta de 4,75% em 5 sessões

Somente em 5 sessões, o dólar acumulou valorização de 4,75% ante o real. Na parcial do mês, a alta é de 5,24%. No ano, o avanço é de 18,23%. A projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2018 permanece em R$ 3,70 por dólar, segundo última pesquisa Focus do Banco Central divulgada na véspera. Para o fechamento de 2019, subiu de R$ 3,76 para R$ 3,78 por dólar.

O que explica as últimas altas

A alta do dólar tem sido influenciada por um cenário internacional mais turbulento, por um fluxo de saída de recursos em ambiente de aversão ao risco no exterior e cautela com o cenário político local. Os investidores estão cautelosos com o encontro entre os presidentes norte-americano, Donald Trump, e chinês, Xi Jinping, no G20 no final de semana, as perspectivas de menor crescimento econômico mundial e ainda as negociações políticas locais.

Nesta terça, o cenário externo continuava adverso, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou esperar seguir em frente com o aumento de tarifas sobre US$ 200 bilhões em importações chinesas, o que jogou um balde de água fria sobre o otimismo vigente diante do encontro dele com o presidente da China, Xi Jinping no G20, no final da semana.

Nesta quinta-feira, o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) divulga a ata de seu último encontro de política monetária. A expectativa sobre a trajetória dos juros norte-americano tem permeado os negócios, com os temores de enfraquecimento da economia global reforçando a leitura de que o Fed poderia ser mais suave nos aumentos da taxa. A previsão, por ora, é de mais cinco aumentos até o início de 2020, sendo dezembro o quarto deste ano.

Educação Financeira: Como o sobe e desce do dólar influencia minha vida? Com o juro mais alto nos EUA e estável no Brasil – a pesquisa Focus desta segunda-feira trouxe perspectiva menor para a alta da Selic em 2019 –, o diferencial de juros entre os países também ajuda a sustentar a trajetória de alta da moeda ante o real.

Internamente, as atenções seguem voltadas para a equipe do novo governo e, especificamente nesta sessão, à votação do projeto de lei de cessão onerosa no Senado, já adiada anteriormente, e que pode ajudar o novo governo a fazer o ajuste fiscal.

Por G1

PM é morto a tiros em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

Major estava em seu carro no bairro Jardim Esplanada quando foi atingido por tiros de fuzil, disparados por criminosos encapuzados. Ele é o 87º PM morto este ano no estado. Um major da Polícia Militar foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (27) no bairro Jardim Esplanada, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Alan de Luna Freire, de 40 anos, estava dentro do carro particular quando foi baleado.

PM é morto a tiros em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

De acordo com a PM, a vítima dirigia seu carro perto de onde mora, por volta das 8h30, quando criminosos encapuzados e armados com fuzis atiraram várias vezes contra o veículo. O policial morreu no local. O PM era lotado no 17ºBPM (Ilha do Governador) e estava na corporação há 17 anos. Alan Freire deixou esposa e um filho de três anos. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense investiga o caso.


PM é morto a tiros em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

O oficial é o 87ºPM morto no Estado do Rio este ano. O último caso registrado antes desse foi há dois dias, quando o policial Claudio Campello Marazzo foi assassinado após tentativa de assalto no bairro Engenheiro Leal, na Zona norte do Rio.

Por G1 Rio

ONG pede à Argentina que investigue príncipe saudita por Iêmen e caso Khashoggi

Príncipe Mohammed participará da abertura da cúpula do G20 nesta semana em Buenos Aires. A Human Rights Watch pediu à Argentina que recorra a uma cláusula de crimes de guerra de sua Constituição para investigar o papel do príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman, em possíveis crimes contra a humanidade no Iêmen e o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi.

ONG pede à Argentina que investigue príncipe saudita por Iêmen e caso Khashoggi

A diretora da HRW para o Oriente Médio e o norte da África, Sarah Leah Whitson, disse que o grupo internacional de direitos humanos levou o caso à Argentina porque o príncipe Mohammed, também conhecido como MbS, participará da abertura da cúpula do G20 nesta semana em Buenos Aires.

A Constituição argentina reconhece a jurisdição universal para crimes de guerra e tortura, o que significa que as autoridades judiciais podem investigar e processar estes crimes não importa onde tenham sido cometidos. A Human Rights Watch disse que o pedido foi enviado ao juiz federal Ariel Lijo. Nem o escritório de Lijo nem a procuradoria-geral da Argentina responderam a pedidos de comentário feitos pela agência Reuters.

Jurisdição universal

"Submetemos esta informação a procuradores argentinos com a esperança de que investigarão a cumplicidade e a responsabilidade de MbS em possíveis crimes de guerra no Iêmen, além da tortura de civis, inclusive Jamal Khashoggi", disse Sarah à Reuters.

A mídia argentina citou fontes judiciais segundo as quais é extremamente improvável que as autoridades assumam um caso contra o príncipe herdeiro, o governante de fato da Arábia Saudita. Casos baseados na jurisdição universal já tiveram sucesso antes. Em 1998, o juiz espanhol Baltasar Garzón conseguiu ordenar a prisão do ex-ditador chileno Augusto Pinochet em Londres.

Caso Khashoggi e guerra no Iêmen

O assassinato de Khashoggi, colunista do jornal "Washington Post" e crítico do príncipe herdeiro, no consulado saudita em Istambul seis semanas atrás provocou tensão nos laços de Riad com o Ocidente e abalou a imagem do príncipe no exterior. Nações ocidentais também estão pedindo o fim da campanha militar liderada pelos sauditas no vizinho Iêmen, que foi iniciada por MbS, à medida que a crise humanitária do país está se agravando.

Por Reuters

Apostador de Indaiatuba que ganhou R$ 69,1 milhões na Mega-Sena retira prêmio

Segundo a instituição, ele compareceu na tarde de segunda-feira em uma das agências da Região Metropolitana de Campinas. Sorteio aconteceu no sábado. O apostador de Indaiatuba (SP) que ganhou sozinho R$ 69.186.484,11 do concurso 2.100 da Mega-Sena retirou o prêmio. De acordo com a Caixa, ele compareceu, na tarde de segunda-feira (26), em uma das agências do banco público da Região Metropolitana de Campinas (RMC).

Apostador de Indaiatuba que ganhou R$ 69,1 milhões na Mega-Sena retira prêmio

A instituição informou que o vencedor fez apenas uma aposta simples na lotéria "Premiada de Indaiatuba", no Jardim São Conrado. O sorteio ocorreu na noite de sábado (24), em Campos Belos (GO). Dezenas sorteadas foram 01,10, 11, 13, 35 e 49. De acordo com a Caixa, a probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prémio é de 1 a 50.063.860, segundo o banco.

Por G1 Campinas e Região

Polícia estima que R$ 100 milhões foram roubados após assalto a agência bancária em Bacabal

Investigação aponta que o chefe da quadrilha responsável pelo assalto foi identificado como 'Zé de Lessa'. Na ação, quatro pessoas morreram, uma ficou ferida e duas foram detidas. A Polícia Civil do Maranhão disse na manhã desta terça-feira (27) que a quadrilha que assaltou uma agência bancária na cidade de Bacabal no domingo (25), trocou tiros com policiais e incendiou viaturas pode ter conseguido roubar cerca de R$ 100 milhões do local. Ainda de acordo com a polícia, desse montante, R$ 3 milhões já foram recuperados.

Polícia estima que R$ 100 milhões foram roubados após assalto a agência bancária em Bacabal

Na ação, quatro pessoas morreram: três assaltantes e um morador da cidade. Outro morador também foi atingido por disparos e segue em recuperação. Duas pessoas foram flagradas pela Polícia Militar dentro da agência recolhendo as cédulas deixadas pelos bandidos e foram detidas.

A investigação aponta que o chefe da quadrilha responsável pelo assalto chama José Francisco Lumes, mais conhecido como “Zé de Lessa”. Ainda segundo a polícia, ele estava comandando pessoalmente a ação da quadrilha no município. De acordo com a polícia, “Zé de Lessa” é bastante conhecido por crimes em todo o país, especialmente por roubos a banco. Natural do estado da Bahia, “Zé de Lessa” já fez assalto a instituições financeiras, foi preso algumas vezes e a última vez que saiu da prisão foi para terminar de cumprir a pena no regime domiciliar.

Polícia estima que R$ 100 milhões foram roubados após assalto a agência bancária em Bacabal

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que foram deslocadas várias equipes das Polícias Civil e Militar para o município e cidades vizinhas. A polícia informou ainda que está estudando a conexão dos envolvidos com quadrilhas de outros estados.

Por G1 MA, São Luís

Responsive Full Width Ad