Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

Publicidade
Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

MEC divulga lista de pré-selecionados para Fies do segundo semestre

O prazo para complementação das informações da inscrição começa hoje (4) e vai até sexta-feira (6).

Foto: Reprodução

O Ministério da Educação (MEC) divulgou no fim da noite dessa terça-feira (3) a relação dos candidatos pré-selecionados em chamada única ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre de 2021. O resultado está disponível na página do Fies.

A seleção assegura apenas a expectativa de direito à vaga, já a contratação do financiamento está sujeita às demais regras e procedimentos de formalização do contrato. O prazo para complementação das informações da inscrição começa hoje (4) e vai até sexta-feira (6).

Os estudantes não pré-selecionado foram automaticamente incluídos em lista de espera, observada classificação. Considerando que não existe novo ranqueamento, após a publicação do resultado da chamada única, os participantes da lista de espera, deverão, obrigatoriamente, acompanhar sua eventual pré-seleção.

Nesse caso, os candidatos deverão complementar sua inscrição no prazo de três dias úteis, contados do dia subsequente ao da divulgação de sua pré-seleção no sistema. O prazo final para a lista de espera é 31 de agosto.

Em 2021 o Fies teve a oferta total de 93 mil vagas. Nesta seleção do segundo semestre, estão disponíveis 69 mil vagas distribuídas em 23.320 cursos de 1.324 instituições privadas de ensino superior. Caso hajam vagas remanescentes, não ocupadas na chamada única, o MEC poderá fazer nova seleção.

Para ter acesso ao fundo, é necessário ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos e ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, obtendo no mínimo 450 pontos na média das cinco provas do exame e não ter zerado a prova de redação.

O Fies é o programa do governo federal que tem o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas aderentes ao programa. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O primeiro é operado pelo governo federal, sem incidência de juros, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa; o percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino. Já o P-Fies tem regras específicas, sem seleção, e funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

Agência Brasil


terça-feira, 3 de agosto de 2021

MEC divulga selecionados na segunda chamada do Prouni 2021

Estudantes têm até o dia 11 de agosto para apresentar documentação. Quem não tiver sido contemplado, pode se inscrever na lista de espera entre os dias 17 e 18 de agosto.

Foto: Reprodução

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira (3) o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo em instituições particulares de educação superior. O resultado pode ser consultado no site http://prouniportal.mec.gov.br/.

Os alunos aprovados terão até o dia 11 de agosto para entregar a documentação necessária nas instituições de ensino superior escolhidas, comprovando as informações no ato da inscrição.

Quem não tiver sido selecionado na segunda chamada poderá se inscrever na lista de espera entre os dias 17 e 18 de agosto. O resultado sairá dia 20 de agosto.

Os que forem selecionados na lista de espera terão entre os dias 23 e 27 de agosto para apresentar a documentação. Essa será a última oportunidade para ser contemplado pelo Prouni neste semestre.

Os selecionados no programa podem receber bolsas de 50% ou 100% em instituições de todo o Brasil.

No segundo semestre de 2021, o programa oferece 134.329 bolsas de estudo em mais de 10 mil cursos de quase mil instituições de ensino superior da rede privada. Dessas, 69.482 bolsas são integrais e 64.847 são parciais.

Critérios

Para obter a bolsa integral (100%), o estudante precisa comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo.

Para as bolsas parciais (50%), é preciso comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa da família, de até 3 salários mínimos.

Cronograma do Prouni

  • Comprovação das informações para aprovados na segunda chamada: 3 a 11 de agosto
  • Interesse em participar da lista de espera: 17 e 18 de agosto
  • Resultado da lista de espera: 20 de agosto
  • Comprovação das informações para pré-aprovados na lista de espera: 23 a 27 de agosto

G1

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira (03)

Prazo para o segundo processo seletivo de 2021 termina no dia 6.

Foto: Reprodução

Estudantes de todo o país que participaram da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que pretendem estudar em uma universidade pública podem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) a partir desta terça-feira (3).

Desenvolvido e administrado pelo Ministério da Educação, o sistema é usado para selecionar os candidatos a vagas em instituições públicas de ensino superior a partir das notas obtidas no Enem.

O prazo de inscrições para o segundo processo seletivo de 2021 se encerra na próxima sexta-feira (6). Para participar da seleção, os interessados devem ter obtido nota maior que zero na redação do Enem e não ter participado do exame na condição de treineiro.

Na página do sistema é possível consultar as vagas disponíveis, pesquisando por cidades, cursos e instituições. No momento da inscrição, o candidato poderá escolher até duas opções de curso. Será possível alterar as opções durante o período das inscrições.

Conforme o cronograma divulgado pelo ministério, o resultado da seleção será divulgado no dia 10 de agosto. As matrículas serão abertas no dia 11, se estendendo até o dia 16 de agosto. De 10 a 16 de agosto, estarão abertas as inscrições para a lista de espera por vagas remanescentes, cujos contemplados serão anunciados no dia 18.

Agência Brasil

Inep disponibiliza apostilas de estudo para o programa Encceja

Exame é voltado para quem não concluiu os estudos na idade apropriada.

Foto: Reprodução

Milhares de pessoas em todo o país deverão fazer, no dia 29 de agosto, as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O exame é voltado para quem não concluiu os estudos na idade apropriada. Por meio do Encceja, os participantes têm a oportunidade de conseguir a certificação tanto para o ensino fundamental quanto para o ensino médio. 

O exame, que estava inicialmente marcado para o dia 25 de abril, foi adiado devido ao agravamento da pandemia da covid-19 no Brasil. Ao todo, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 1,6 milhão de participantes estão confirmados. Os gabaritos das provas deverão ser divulgados no dia 1º de setembro. 

Para quem está se preparando para as provas, na página do Inep estão disponíveis apostilas gratuitas, além das provas de anos anteriores e dos respectivos gabaritos. 

Aqueles que desejam obter a certificação do ensino fundamental farão provas de ciências naturais e matemática pela manhã e de língua portuguesa, língua estrangeira, artes, educação física, redação, história e geografia, à tarde. Para obter essa certificação é necessário ter pelo menos 15 anos completos no dia do exame. 

Os que desejam um certificado do ensino médio responderão a questões de ciências da natureza e matemática pela manhã e linguagens, redação e ciências humanas à tarde. Para fazer essas provas, é preciso ter pelo menos 18 anos completos. 

De acordo com o Inep, além de possibilitar que os estudantes sejam certificados e sigam adiante em suas trajetórias educacionais, o exame oferece parâmetros para autoavaliação que podem orientar os inscritos na continuidade da formação e na colocação no mercado de trabalho.

Os resultados do Encceja também são usados como referência nacional de avaliação. O exame possibilita, por exemplo, que os gestores educacionais utilizem esses dados para entender o cenário educacional e evitar que estudantes se atrasem na formação ou mesmo que abandonem os estudos.

Agência Brasil

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Inscrições para o Fies terminam nesta sexta (30) às 23h59

Programa oferece nesta edição 69 mil vagas.

Foto: Reprodução

Termina hoje (30) às 23h59 o prazo de inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2021 no site do programa. O Fies oferece financiamento a estudantes em cursos superiores de instituições privadas com avaliação positiva pelo Ministério da Educação. O resultado será divulgado no dia 3 de agosto.

Pré-requisito

Para fazer a inscrição, o interessado deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e ter média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos. O candidato não pode ter zerado a redação e deve ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

Vagas

Os candidatos podem escolher até três opções de curso/instituição/turno, por ordem de preferência. Em 2021 o Fies teve a oferta total de 93 mil vagas. Nesta seleção do segundo semestre, estão disponíveis 69 mil vagas distribuídas em 23.320 cursos de 1.324 instituições privadas de ensino superior. A consulta pode ser feita na página do Fies.

Agência Brasil

quinta-feira, 29 de julho de 2021

LinkedIn e Microsoft se juntam e oferecem quase 100 cursos gratuitos

As aulas estão divididas em nova trilhas de aprendizagem, voltadas a capacitar os profissionais do futuro e a desenvolver as habilidades técnicas e comportamentais mais buscadas no mercado de trabalho.

Foto: Reprodução

Duas das maiores empresas de tecnologia do mundo se juntaram para oferecer formação gratuita para os brasileiros. A partir desta semana, a Microsoft está usando a plataforma de formação online Linkedin Learning para disponibilizar 96 cursos em português.

As aulas estão divididas em nova trilhas de aprendizagem, voltadas a capacitar os profissionais do futuro e a desenvolver as habilidades técnicas e comportamentais mais buscadas no mercado de trabalho.

Todos os cursos são gratuitos e ficam disponíveis para acesso até dia 31 de dezembro na página exclusiva. As aulas são ministradas por top voices, que são influenciadores recomendados pelo LinkedIn como produtores de conteúdos corporativos.

Confira as trilhas disponíveis:

  • Trabalho remoto: colaboração, foco e produtividade
  • Como superar desafios e se reinventar em tempos difíceis
  • Diversidade, inclusão e pertencimento para líderes e gerentes
  • Torne-se um gestor de projetos
  • Como desenvolver a colaboração entre a equipe
  • Domine as competências pessoais mais requisitadas no mercado de trabalho
  • Torne-se um especialista em atendimento ao cliente
  • Torne-se um profissional de vendas
  • Torne-se um cientista de dados

USP tem 5 mil vagas para cursos de humanidades

Para quem prefere a área de humanidades, a Universidade de São Paulo está com inscrições abertas para preencher quase 5 mil vagas em 66 cursos livres. Os cursos de verão são organizados pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e vão de moda à literatura.

As aulas online são ministradas por professores e alunos de pós-graduação da universidade e estão divididos em cinco áreas temáticas: Estudos filosóficos, históricos e geográficos; Estudos linguísticos e de tradução; Estudos literários; e Estudos de antropologia, política e sociedade.

As inscrições devem ser realizadas no site do Sistema Apolo, selecionando a FFLCH como instituição de ensino, e seguem um cronograma que vai até o dia 5 de agosto. É preciso ter mais de 18 anos para se cadastrar nos cursos.

CNN Brasil

Itaituba: SEMED divulga portaria com diretrizes para o retorno das aulas presenciais na rede pública de ensino

Conforme o documento, as aulas estão previstas para iniciarem no dia 02 de agosto de 2021.

Foto: Reprodução

A Secretaria Municipal de Educação (SEMED) divulgou, na última quarta-feira (28), a Portaria nº 014/2021, que anuncia e estabelece diretrizes para o retorno das aulas presencias e atividades pedagógicas não presenciais aos alunos da Rede de Ensino Público Municipal de Itaituba.

Conforme o documento, as aulas estão previstas para iniciarem no dia 02 de agosto de 2021, com as medidas protetivas em todos os espaços escolares, orientadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), para o enfrentamento da COVID-19.

As atividades presenciais, conforme o Artigo 4º do documento, será da seguinte maneira: “I – de 100% do total de alunos em turmas que conseguirem manter o distanciamento de 1,5m entre as carteiras; II – de 50% do total de alunos, em turmas que não conseguirem manter o distanciamento de 1,5m entre as carteiras, sendo realizado o escalonamento entre os grupos; III – trabalhada a carga horária total das disciplinas”.

Vale ressaltar que, para alguns alunos, poderá haver aulas não presenciais, caso estes comprovem, por meio de laudo médico ou outro documento, a impossibilidade de frequentar as aulas presenciais.

A esses alunos, o processo de ensino e aprendizagem será proporcionado através de videoaulas, atividades e conteúdos impressos.

Plantão 24 horas

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Comprovação para a primeira chamada do Prouni termina hoje

Perda do prazo implicará na reprovação do candidato. Confira as datas!

Foto: Reprodução

Candidatos selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) têm até hoje (28) para comprovar as informações prestadas na ficha de inscrição junto à instituição em que foram pré-selecionados. 

De acordo com o Ministério da Educação, é de responsabilidade de cada candidato verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a conferência das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, na reprovação do candidato.

Dados do ministério indicam que, nesta edição do Prouni foram ofertadas 134.329 bolsas, sendo 69.482 bolsas integrais e 64.847 parciais em 10.821 cursos ministrados em 952 instituições de ensino superior da rede privada do país.

Para concorrer a bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. No caso de bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos, por pessoa.

Cronograma Prouni 2021/2

  • Comprovação das informações da primeira chamada: 20 a 28 de julho
  • Resultado da segunda chamada: 3 de agosto
  • Comprovação das informações: 3 a 11 de agosto
  • Inscrições na lista de espera: 17 e 18 de agosto
  • Divulgação da lista de espera para as instituições de ensino: 20 de agosto
  • Comprovação das informações da lista de espera: 23 a 27 de agosto

Agência Brasil


terça-feira, 27 de julho de 2021

Inscrições para o Fies do segundo semestre começam hoje

Candidatos interessados podem efetuar a inscrição por meio do portal do programa até a próxima sexta-feira (30).

Foto: Reprodução

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2021 começam hoje (27). Candidatos interessados podem efetuar a inscrição por meio do portal do programa até a próxima sexta-feira (30).

Estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2012 podem pleitear uma bolsa no programa de financiamento deste ano. Os alunos devem ter média mínima de 450 pontos e nota superior a zero na redação do exame.

O Fies tem por objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores particulares, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação e ofertados por instituições aderentes ao programa

Agência Brasil


sexta-feira, 23 de julho de 2021

Aulas na rede estadual serão retomadas dia 02 de agosto

A retomada deve acontecer de forma híbrida: alunos que preferirem não ir para a escola neste primeiro momento, poderão assistir às aulas de modo remoto.

Foto: Reprodução

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o novo coronavírus e a queda na ocupação de leitos clínicos e de UTI motivaram o Governo do Pará a elaborar um plano de retorno às aulas presenciais na rede estadual de ensino. As atividades presenciais nas escolas da rede estadual foram paralisadas no dia 16 de março de 2020.

O Governo do Estado anunciou, na manhã desta sexta-feira (23), o plano estadual de retomada das aulas presenciais. O Governador do Estado, Helder Barbalho, apresentou o plano acompanhado do secretário estadual de saúde, Rômulo Rodovalho, da secretária estadual de educação, Elieth Braga, e da presidente do Conselho Estadual de Educação, Betânia Fidalgo.

O plano foi desenvolvido por técnicos da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), em conjunto com profissionais da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Em seguida, passou pela análise do Conselho Estadual de Educação. Os membros do Conselho, de maneira unânime, validaram o plano.

O primeiro grupo de retorno será: terceiro ano do médio, nono ano e quinto ano do ensino fundamental, além dos concluintes do EJA. As informações com as escalas de presença dos alunos estarão disponíveis no site da Seduc e também nas sedes das escolas. Os alunos receberão máscaras. O retorno, enquanto não for 100%, não é obrigatório.

Por unanimidade, garantiu Helder, os membros do Conselho Estadual de Educação validaram a proposta. Ao longo da aplicação do plano, que começa com 25% de presença nas salas, pode haver mudanças. O acompanhamento epidemiológico será feito continuamente após um ano e quatro meses de aulas suspensas. Há a garantia de distanciamento nas salas, higienização e estrutura para essa higiene. Na entrada, os estudantes terão a temperatura verificada.

O governador ressaltou que todos os profissionais da educação já foram vacinados com a primeira dose. Nesta semana, inicia a campanha para a segunda dose, dependendo de cada vacina. "Isto nos permite dar esse passo decisivo e essencial para recuperar o convívio escolar e social e ter na escola a referência de valores que só a educação é capaz de fazer", reforçou.

Helder ressaltou que 585 mil alunos foram beneficiados com o vale-alimentação escolar de R$ 80 por aluno, por etapa. Neste momento, está sendo concluída a 11ª recarga. O investimento é de R$ 500 milhões.

Nesse período de ensino remoto, 15 mil professores foram formados e o governador agradeceu a cada profissional, reforçando que os professores e cada servidor da educação não mediram esforços para manter as aulas, fosse nos materiais impressos, fosse nas plataformas digitais. E agradeceu a paciência das famílias em se reinventar para garantir que os estudantes não ficassem sem estudar.

O governador destacou a necessidade de a população não perder a vacinação e seguir. "Só podemos anunciar o retorno porque avançamos na vacinação. Minha solidariedade às famílias que perderam um ente querido. Bom retorno às aulas presenciais", concluiu.

Com informações O Liberal

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Ministro da Educação defende retorno das aulas presenciais

"Brasil não pode continuar com escolas fechadas", disse Milton Ribeiro.

Foto: Reprodução

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, defendeu hoje (20) o retorno dos estudantes às aulas presenciais nas escolas. Ribeiro fez um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV e afirmou que a medida não pode ser mais adiada.

“Quero conclamá-los ao retorno às aulas presenciais. O Brasil não pode continuar com as escolas fechadas, gerando impactos negativos neste e nas futuras gerações”, disse. 

O ministro citou ainda que estudos de organismos internacionais mostram que o fechamento de escolas provoca consequências devastadoras para os alunos, como perda de aprendizagem, do progresso do conhecimento e o aumento do abandono escolar. 

“Vários países retornaram às aulas presenciais ainda em 2020, quando sequer havia previsão de vacinação. O uso de álcool-gel, a utilização de máscaras e o distanciamento social são medidas que o mundo está utilizando com sucesso”, comentou. 

Segundo o ministro, a decisão sobre o fechamento e abertura das escolas não é do governo federal e o retorno pode ser feito com restrições sanitárias nas instituições de ensino básico e superior. O ministro disse que a pasta investiu mais de R$ 1,7 bilhão para o enfrentamento da covid-19 nas escolas públicas. 

“O Ministério da Educação não pode determinar o retorno presencial da aulas, caso contrário, eu já teria determinado”, afirmou. 

Ribeiro também disse que solicitou ao Ministério da Saúde a priorização de todos os profissionais da educação básica na vacinação contra a covid-19. 

Agência Brasil

terça-feira, 20 de julho de 2021

Pará registra queda de 30,6% no números de inscritos no Enem em comparação com o ano passado

A redução atingiu todo o país computando uma queda de 44% em relação de candidatos inscritos no ano passado; A previsão é de um número ainda menor, pois as inscrições passam ainda pelo processo de homologação.

Foto: Reprodução

O Pará teve mais de 229,1 mil inscrições efetivadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste ano. Desse número, 228,5 mil foram inscritos na modalidade de prova impressa e 600 na modalidade digital. Em comparação com o ano passado, o número de inscrições reduziu em 30.6%. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).A redução das inscrições foi registrada em todo o Brasil. 

O total de 4.004.764 candidatos inscritos em 2021 representa uma queda de 44% com relação à quantidade de inscritos no Enem do ano passado. Segundo o G1 Educação, esse número de inscritos é o menor desde o Enem 2007, quando 3,57 milhões de participantes se inscreveram; também é o menor desde que a prova adotou o formato atual, em 2009. A previsão é de um número ainda menor, pois as inscrições passam ainda pelo processo de homologação.

O Enem é a porta de entrada de muitos jovens que buscam o nível superior. A nota obtida no exame pode ser usada  para ingresso em universidades públicas e garantir bolsas de estudo e financiamentos em faculdades particulares através de Programas Federais como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

As duas modalidades do Enem 2021, impressa e digital, serão aplicadas nos mesmos dias, 21 e 28 de novembro. Ambas as versões terão as mesmas provas, com itens iguais e o mesmo tema de redação.  Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel.

O Liberal 

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Pará anuncia retorno de volta às aulas presenciais nas escolas públicas de ensino

A secretaria ainda diz que a decisão para o plano de retomada está em consonância com órgãos de saúde, e deve obedecer a todos os protocolos de biossegurança e prevenção à Covid-19.

Foto: Reprodução

O governador do Pará, Helder Barbalho, anunciou que o plano de retorno às aulas na rede pública estadual será divulgado na sexta-feira (23). De acordo com Helder, a ideia é de que as aulas já comecem em agosto. A informação foi divulgada nas redes sociais oficiais do governador.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

As aulas presenciais estão suspensas desde 18 de março de 2020 pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Desde então, a secretaria diz que realiza o movimento “Todos Em Casa Pela Educação”, disponibilizando videoaulas pela TV Cultura do Pará, áudios educativos por meio do Seducast, conteúdos de aprendizagens pelo Para Casa, cadernos de atividades estruturantes e compêndios (impressos), além da plataforma educacional Enem Pará (Exame Nacional do Ensino Médio) e distribuição de livros didáticos.

A secretaria ainda diz que a decisão para o plano de retomada está em consonância com estudos científicos, órgãos de saúde e entidades representativas, e deve obedecer a todos os protocolos de biossegurança e prevenção à Covid-19, para garantir a segurança da comunidade escolar.

G1

IFPA abre processo seletivo com mais de 2 mil vagas para cursos de graduação e técnicos

São 1.621 vagas ofertadas pelos campus Altamira, Itaituba, Óbidos, Santarém, entre outros. O período de inscrições é de 20 de julho a 03 de agosto. Confira.

Foto: Reprodução

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) lançou o edital do Processo Seletivo Unificado (PSU) para ingresso nos Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio, na forma de oferta subsequente ao Ensino Médio, para o 2o semestre do ano letivo de 2021. São 1.621 vagas ofertadas pelos campi Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Avançado Vigia, Belém, Bragança, Breves, Cametá, Castanhal, Itaituba, Óbidos, Santarém e Tucuruí.

Os cursos técnicos subsequentes são cursos regulares com duração de até dois anos, com matriz curricular composta de disciplinas específicas da área profissional de cada curso, e destinam-se a alunos que concluíram do Ensino Médio ou ensino equivalente, portanto, no ato da inscrição, além da documentação exigida em edital, o candidato deverá apresentar um documento escolar contendo as notas/conceitos de aprovação nas disciplinas de Língua Portuguesa ou Português e Matemática obtidas no 1o, 2o e 3o Ano.

O PSU Técnico Subsequente 2021.2 será composto por três fases. A primeira é classificatória e consiste nas inscrições e classificação dos candidatos. A segunda fase é eliminatória e consiste na realização de procedimento de heteroidentificação dos candidatos autodeclarados pretos ou pardos, e, por fim, na terceira fase, será analisada a  documentação para habilitação de matrícula dos candidatos aprovados na fase 1 para não autodeclarados pretos ou pardos, e na fase 1 e 2 para autodeclarados pretos ou pardos.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas de 20 de julho a 03 de agosto, exclusivamente pela internet, no site do processo seletivo do IFPA: https://prosel.ifpa.edu.br, onde também será possível encontrar todas as informações sobre inscrição, seleção, resultado e habilitação de matrícula, bem como toda e qualquer alteração no edital.

O Liberal

Prazo para pagar a taxa de inscrição do Enem termina hoje

Sem o pagamento, a inscrição não é concluída e não é possível fazer a prova.

Foto: Reprodução


Estudantes inscritos para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 que não obtiveram isenção da taxa de participação devem pagar o valor de R$ 85 até esta segunda-feira (19). 

Aqueles que não realizarem o pagamento não vão ter sua inscrição homologada — a lista dos candidatos que receberam a isenção está disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

Sobre o Enem

Neste ano, diferentemente da edição anterior do Enem, as versões impressa e digital serão aplicadas nas mesmas datas (21 e 28 de novembro) e terão perguntas iguais. O Enem digital será exclusivo para quem já concluiu o ensino médio ou está concluindo essa etapa em 2021.

O Enem 2021 terá, no máximo, 4.004.764 participantes – que é o número de inscritos até quarta-feira (14), quando terminou o prazo para cadastro. Normalmente, parte dos candidatos não efetua o pagamento da taxa de inscrição e, por isso, o número final tende a ser menor.

Ainda assim, já é possível saber que o número de candidatos do Enem em 2021 é o menor desde 2007 e representa uma queda de 34% em relação à edição de 2020.

Dos inscritos, 3.903.664 deverão fazer a versão impressa. A versão digital teve as 101.100 vagas ofertadas preenchidas.

G1

terça-feira, 13 de julho de 2021

Inscrições para o Enem terminam nesta quarta-feira (14)

Provas digitais e impressas serão aplicadas em novembro.

Foto: Reprodução


Termina na próxima quarta-feira (14) o prazo para inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. Os interessados em participar do certame, isentos ou não, devem acessar o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para fazê-lo, na Página do Participante.

A taxa de inscrição para os não isentos é de R$ 85. O pagamento deve ser feito por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança).

Provas

As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, tanto a versão digital quanto a impressa. As duas versões também terão a mesma estrutura de prova: quatro cadernos de questões e a redação.

Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel. Os participantes receberão folhas de rascunho nos dois dias.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. A aplicação regular terá cinco horas e 30 minutos de duração.

No segundo dia, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Nesse caso, a aplicação regular terá cinco horas de duração.

Agência Brasil

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Itaituba: Estado libera a 11ª recarga do vale-alimentação escolar

O governador Helder Barbalho também anunciou o retorno das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino em 2 de agosto.

Foto reprodução


Na tarde da última segunda-feira de junho (28), o governador Helder Barbalho anunciou o cronograma referente à 11ª recarga do vale-alimentação escolar. A liberação da recarga do vale-alimentação escolar para a Região de Integração do Tapajós, que engloba seis municípios (Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Rurópolis e Trairão), ocorre nesta quarta-feira (07).

O vale-alimentação escolar é uma iniciativa do governo do Estado, implantada em abril de 2020 para assegurar a alimentação dos alunos da rede pública estadual no período de suspensão das aulas presenciais. As 11 recargas totalizam um investimento de R$ 497 milhões, oriundos do Tesouro estadual.

Durante o anúncio, o governador também mencionou a volta das aulas presenciais a rede estadual de ensino, “A nossa previsão e planejamento é que esta seja a última recarga, já que estamos nos organizando para o retorno às aulas presenciais no dia 2 de agosto. Portanto, você, aluno, que está sem aula presencial durante todo esse tempo, já começa a se organizar para que no dia 2 de agosto possamos voltar para as aulas presenciais e recuperar o tempo perdido, e assim garantir educação para todos os nossos alunos”, disse Helder Barbalho.

Desde o dia 18 de março de 2020, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) suspendeu as aulas presenciais na rede pública estadual em decorrência da pandemia de Covid-19. Desde então, por meio do movimento “Todos Em Casa Pela Educação”, disponibiliza videoaulas pela TV Cultura do Pará, áudios educativos por meio do Seducast, conteúdos de aprendizagens pelo Para Casa, cadernos de atividades estruturantes e compêndios (impressos), além da plataforma educacional Enem Pará (Exame Nacional do Ensino Médio) e distribuição de livros didáticos.

A Secretaria reforça que a decisão para o plano de retomada está em consonância com estudos científicos, órgãos de saúde e entidades representativas, e obedecerá a todos os protocolos de biossegurança e prevenção à Covid-19, para garantir a segurança da comunidade escolar.


On News com informações Agência Brasil

quinta-feira, 1 de julho de 2021

Itaituba: IFPA divulga edital para processo seletivo com 150 vagas

 As inscrições poderão ser feitas de maneira online via Google Forms e não haverá taxa. Confira as datas. 


Foto Reprodução 

Na última terça-feira, (28), foi publicado o edital N° 005/2021 no Diário Oficial para o processo seletivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – Campus Itaituba, oeste do Pará.  

Ao todo, serão 150 vagas em várias áreas da ciência na modalidade Lato Sensu, sendo 50 para o curso de Especialização em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 50 vagas de Especialização em Educação Especial e Inclusiva e 50 vagas em Especialização em Docência para Educação Profissional, Cientifica e Tecnológica.

As inscrições serão efetuadas on-line via plataforma Google Forms através do preenchimento do formulário de inscrição disponível no site da instituição a partir do dia 05/07/2021 encerrando às 23:59hs do dia 23/07/2021.

Não haverá cobrança de valores referente à inscrição ao Processo Seletivo, o candidato é inteiramente responsável pelas informações prestadas no formulário de inscrição e documentos enviados.

Todas as documentações a serem enviadas, via upload, deverão ser legíveis e exclusivamente em formato PDF. Outras informações para realizar a inscrição poderão ser consultadas no edital disponível no site

On News/IFPA.




quinta-feira, 24 de junho de 2021

Ufopa divulga resultado da primeira chamada do processo seletivo regular 2021

Entre os cursos mais procurados está o bacharelado em Engenharia Civil em Itaituba. Confira as datas de habilitação.


Foto On News


 

Na manhã desta quarta-feira, (24), a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), divulgou o resultado da primeira chamada do Processo Seletivo Regular (PSR) - 2021. Ao todo, 1.405 candidatos foram selecionados.  

Dentre as 7.108 inscrições, 93,77%, foram do estado do Pará, sendo 77,6% dos sete municípios da região Oeste, onde há campus da Universidade (Alenquer, Itaituba, Juruti, Monte Alegre, Óbidos e Oriximiná). Também houve inscrições de candidatos de Belém, Altamira e de outros municípios paraenses; além de inscritos de outros estados brasileiros, como Amazonas, São Paulo, Espírito Santo, e outros. Do total de inscritos, 90 candidatos se declararam PcD (Pessoas com Deficiência).

Os cursos mais procurados foram: Bacharelado em Farmácia (29.29 candidatos por vaga) e Bacharelado em Direito (29.03/vaga), no Campus Santarém; Bacharelado em Administração, no Campus Alenquer (8.5/vaga); e Bacharelado em Engenharia Civil, no Campus Itaituba (8.22/vaga).

 

HABILITAÇÃO

A habilitação será de 25 de junho a 11 de julho de 2021exclusivamente pela Internet, considerando o período pandêmico que se vive em todo o país. A habilitação consiste na apresentação, pelo candidato convocado e classificado, dos documentos exigidos no edital, comprovando os dados declarados no ato da inscrição.

A documentação deve ser enviada pela plataforma de habilitação do PSR 2021, disponível no site da Ufopa. Para acesso, é preciso inserir o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e a senha utilizada no momento da inscrição do PSR/Ufopa 2021.

É necessária muita atenção no processo da habilitação. Uma vez finalizado o procedimento de prestar as informações e de encaminhamento dos documentos, o candidato não poderá mais realizar alteração dos dados, nem dos documentos encaminhados.

edital da habilitação nº 6/2021-CPPS/Ufopa alerta que não serão aceitos recursos com a finalidade de entregar e adicionar documentos que deveriam ter sido apresentados no ato da habilitação do processo seletivo.

 

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE À 2ª CHAMADA

Os candidatos não selecionados na primeira convocação e que desejarem continuar concorrendo às vagas remanescentes para a segunda chamada devem manifestar interesse no campo disponível no site, no período de 24 de junho a 26 de julho de 2021, conforme previsto no edital nº 02/2021-CPPS/Ufopa, de 5 de março de 2021.

 

PERÍCIA MÉDICA

Os candidatos classificados na condição de PcD devem apresentar o laudo médico na plataforma de habilitação, e na avaliação médica pericial da Ufopa, que deverá ser agendada pelo candidato por e-mail, no período de 24 de junho a 2 de julho de 2021. No e-mail deve constar o nome completo do candidato, o curso no qual se inscreveu e o laudo anexado.

 

O agendamento deve ser feito no e-mail correspondente ao campus do curso escolhido, conforme a lista:

Cursos do Campus de Santarém: siasstapajos@ufopa.edu.br

Campus de Óbidos: obidos@ufopa.edu.br

Campus de Oriximiná: oriximina@ufopa.edu.br

Campus de Itaituba: itaituba@ufopa.edu.br

Campus de Monte Alegre: academicacmal@ufopa.edu.br

Campus de Alenquer: alenquer@ufopa.edu.br

Campus de Juruti: juruti@ufopa.edu.br

Início das aulas: As atividades letivas do ano de 2021 começam no dia 5 de outubro de 2021.


DATAS IMPORTANTES

1ª Convocação para Habilitação do PSR 2021: 24/06

Habilitação-envio dos documentos pela plataforma: 25/06 a 11/07

Agendamento da perícia médica por e-mail: 24/06 a 02/07

Realização da perícia de acordo com agendamento: 24/06 a 22/07

Manifestação de interesse: 24/06 a 26/07


LINKS PARA ACESSO:

Edital da habilitação nº 6/2021-CPPS/Ufopa

Link para manifestação de interesse

Acompanhamento do PSR Unificado 2021 na página da Proen  

Contato para dúvidas: psr@ufopa.edu.br 


Fonte: On News/Ufopa 


segunda-feira, 7 de junho de 2021

Ufopa divulga editais de Processos Seletivos Indígena e Quilombola com mais de 170 vagas

 Inscrições começam na terça-feira (8) e seguem até 23 de junho pela internet.

Foram divulgados nesta segunda-feira (7) os editais dos Processos Seletivos Especiais (PSE) Indígena e Quilombola da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) para ingresso em 2021. As inscrições iniciam na terça-feira (8) e seguem até o dia 23 de junho.

O processo de inscrição será feito exclusivamente pela internet, considerando o horário de Belém. Os processos serão executados pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) e serão realizados, totalmente, de forma on-line.

Os dois editais totalizam mais de 170 vagas nas unidades da Ufopa em Santarém e outros municípios da região.

O PSEI/Ufopa 2021 ofertará 85 vagas para os cursos de graduação oferecidos pela Universidade, sendo 68 vagas para os cursos ofertados no Campus de Santarém e 17 vagas para os campi regionais, distribuídas entre os municípios de Alenquer, Itaituba, Juruti, Óbidos e Oriximiná. Os candidatos farão uma única prova com redação em língua portuguesa, de forma on-line. O comando da prova estará disponível a partir do dia 7 de julho de 2021 no portal da Fadesp: www.portalfadesp.org.br. Os candidatos devem imprimir o formulário e fazer a redação de forma manuscrita. Depois, anexar essa prova manuscrita, devidamente legível, no formato PDF ou JPEG, em seu login próprio de inscrição, na Área do Candidato na plataforma eletrônica, até o 13 de julho de 2021.

Fonte: G1 Santarém




Prédio da UFOPA Itaituba. Foto: On News 


Responsive Full Width Ad