Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

Mostrando postagens com marcador Itaituba. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Itaituba. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Ufopa divulga resultado da primeira chamada do processo seletivo regular 2021

Entre os cursos mais procurados está o bacharelado em Engenharia Civil em Itaituba. Confira as datas de habilitação.


Foto On News


 

Na manhã desta quarta-feira, (24), a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), divulgou o resultado da primeira chamada do Processo Seletivo Regular (PSR) - 2021. Ao todo, 1.405 candidatos foram selecionados.  

Dentre as 7.108 inscrições, 93,77%, foram do estado do Pará, sendo 77,6% dos sete municípios da região Oeste, onde há campus da Universidade (Alenquer, Itaituba, Juruti, Monte Alegre, Óbidos e Oriximiná). Também houve inscrições de candidatos de Belém, Altamira e de outros municípios paraenses; além de inscritos de outros estados brasileiros, como Amazonas, São Paulo, Espírito Santo, e outros. Do total de inscritos, 90 candidatos se declararam PcD (Pessoas com Deficiência).

Os cursos mais procurados foram: Bacharelado em Farmácia (29.29 candidatos por vaga) e Bacharelado em Direito (29.03/vaga), no Campus Santarém; Bacharelado em Administração, no Campus Alenquer (8.5/vaga); e Bacharelado em Engenharia Civil, no Campus Itaituba (8.22/vaga).

 

HABILITAÇÃO

A habilitação será de 25 de junho a 11 de julho de 2021exclusivamente pela Internet, considerando o período pandêmico que se vive em todo o país. A habilitação consiste na apresentação, pelo candidato convocado e classificado, dos documentos exigidos no edital, comprovando os dados declarados no ato da inscrição.

A documentação deve ser enviada pela plataforma de habilitação do PSR 2021, disponível no site da Ufopa. Para acesso, é preciso inserir o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e a senha utilizada no momento da inscrição do PSR/Ufopa 2021.

É necessária muita atenção no processo da habilitação. Uma vez finalizado o procedimento de prestar as informações e de encaminhamento dos documentos, o candidato não poderá mais realizar alteração dos dados, nem dos documentos encaminhados.

edital da habilitação nº 6/2021-CPPS/Ufopa alerta que não serão aceitos recursos com a finalidade de entregar e adicionar documentos que deveriam ter sido apresentados no ato da habilitação do processo seletivo.

 

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE À 2ª CHAMADA

Os candidatos não selecionados na primeira convocação e que desejarem continuar concorrendo às vagas remanescentes para a segunda chamada devem manifestar interesse no campo disponível no site, no período de 24 de junho a 26 de julho de 2021, conforme previsto no edital nº 02/2021-CPPS/Ufopa, de 5 de março de 2021.

 

PERÍCIA MÉDICA

Os candidatos classificados na condição de PcD devem apresentar o laudo médico na plataforma de habilitação, e na avaliação médica pericial da Ufopa, que deverá ser agendada pelo candidato por e-mail, no período de 24 de junho a 2 de julho de 2021. No e-mail deve constar o nome completo do candidato, o curso no qual se inscreveu e o laudo anexado.

 

O agendamento deve ser feito no e-mail correspondente ao campus do curso escolhido, conforme a lista:

Cursos do Campus de Santarém: siasstapajos@ufopa.edu.br

Campus de Óbidos: obidos@ufopa.edu.br

Campus de Oriximiná: oriximina@ufopa.edu.br

Campus de Itaituba: itaituba@ufopa.edu.br

Campus de Monte Alegre: academicacmal@ufopa.edu.br

Campus de Alenquer: alenquer@ufopa.edu.br

Campus de Juruti: juruti@ufopa.edu.br

Início das aulas: As atividades letivas do ano de 2021 começam no dia 5 de outubro de 2021.


DATAS IMPORTANTES

1ª Convocação para Habilitação do PSR 2021: 24/06

Habilitação-envio dos documentos pela plataforma: 25/06 a 11/07

Agendamento da perícia médica por e-mail: 24/06 a 02/07

Realização da perícia de acordo com agendamento: 24/06 a 22/07

Manifestação de interesse: 24/06 a 26/07


LINKS PARA ACESSO:

Edital da habilitação nº 6/2021-CPPS/Ufopa

Link para manifestação de interesse

Acompanhamento do PSR Unificado 2021 na página da Proen  

Contato para dúvidas: psr@ufopa.edu.br 


Fonte: On News/Ufopa 


quarta-feira, 23 de junho de 2021

Itaituba: Em reunião com secretários e diretores de governo, Valmir Climaco discute estratégias para próximos anos de gestão

 

Entre os assuntos tratados, estão a construção de mais duas escolas, uma praça de lazer, além de recuperação de estradas.

Foto divulgação Ascom PMI
 

Na manhã desta quarta-feira, (23), foi realizada uma reunião interna de trabalho administrativo da prefeitura municipal de Itaituba, oeste do Pará.

O encontro aconteceu no auditório da Secretaria de Educação (Semed). Participaram, secretários e diretores de governo, juntamente com a procuradoria do município e engenheiros civis.

Nesta reunião, o prefeito Valmir Climaco relatou que pretende aproveitar a diminuição do período de chuvas na região para dar prosseguimento com mais agilidade nos serviços de infraestrutura da cidade e do interior. Além disso, algumas dessas obras estão em andamento e outras devem iniciar ainda no início deste semestre.

Foto divulgação Ascom PMI
 

Durante a reunião, o prefeito anunciou também que nos próximos 60 dias, iniciará a construção de mais duas escolas na zona urbana, contemplando os bairros, Maria Madalena e Vale do Piracanã. Também irá realizar a construção de uma praça de lazer na Avenida Marechal Rondon, no bairro da Rabelo, além de outros benefícios com recursos oriundos de verbas próprias e através de convênios.

Outro importante trabalho que deverá ser realizado é a recuperação de um trecho da estrada próximo à Comunidade de Barreiras, prejudicado com a cheia dos rios. O local deve passar por um amplo trabalho da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), com a chegada da estiagem.

O gestor, concluiu sua participação solicitando mais empenho de todos os servidores, para que as demandas sejam atendidas e realizadas com mais celeridade, para continuar ofertando à população itaitubense obras e serviços públicos de qualidade.


On News/ Ascom PMI

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Itaituba: MPF quer escolta para viagem de lideranças Munduruku do Pará até Brasília

 

Grupo de 72 líderes do povo Munduruku está impedido de viajar até Brasília por falta de segurança.

Foto reprodução


O Ministério Público Federal (MPF) solicitou na última sexta-feira (11) às autoridades e à Justiça Federal que garantam escolta e proteção policial a indígenas Munduruku em Jacareacanga, no sudoeste do Pará. Um grupo de 72 líderes do povo Munduruku segue impedido de viajar até Brasília por falta de segurança.

De acordo com o MPF, a viagem ocorreria na última quinta (10), mas foi cancelada após garimpeiros rasgarem os pneus do ônibus e ameaçarem o motorista. Ainda segundo o MPF, a Polícia Militar do Pará havia confirmado na manhã de sábado (12), que garantiria a segurança do ônibus com as lideranças para o embarque. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) se comprometeu a fazer a escolta do ônibus, contanto que o efetivo da PM participe para assegurar a segurança.

Mas, na tarde de sábado (12), a PM mudou de posição e alegou falta de autorização do comando e da Secretaria de Segurança Pública (Segup), retirando o apoio.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Segup) informou que não houve recusa por parte do órgão em prestar apoio em qualquer ação relacionada ao caso, desde que esteja sob a sua atribuição.

Segundo a Segup, a escolta solicitada é de atribuição de órgãos federais e o Estado poderá prestar apoio se órgãos da União estiverem juntos e assumindo também a responsabilidade da ação. A Segup disse que está pronta para atuar no que for necessário, mediante o acompanhamento e responsabilidade dos órgãos federais a quem cabe as providências diante do fato.

 

Conflitos

O MPF em Itaituba, que acompanha a sucessão de violências de garimpeiros contra lideranças que se opõem ao garimpo na região, informou a situação ao Procurador-Geral da República, Augusto Aras, reforçando pedido de intervenção federal para garantir a segurança pública em Jacareacanga.


 Desde março uma escalada de violência de garimpeiros contra lideranças contrárias ao garimpo vem mobilizando o MPF. Uma liminar da Justiça Federal do dia 29 de maio obriga o retorno dos efetivos federais de segurança para a região e ordena a garantia de segurança pública na região de Jacareacanga. Mas a decisão judicial não vem sendo obedecida nem pelo governo federal nem pelo governo estadual e o MPF já pediu que seja executada uma multa de R$ 50 mil por dia pelo descumprimento.

O MPF classifica a situação em Jacareacanga como “inacreditável” e reputa à ausência do Estado Constitucional o fortalecimento de um grupo “cujo método de alteração da realidade é a violência”. “Vê-se, portanto, que além de financiados por extensa organização criminosa, o grupo pró-garimpo ainda se empenha em impedir, a qualquer custo, que a parte contrária seja ouvida pelas autoridades da República, o que por outra via constitui gravíssima ofensa a direitos fundamentais encartados na Constituição Federal”, disse o MPF na manifestação que fez à Justiça Federal na última sexta (11).


G1 Pará


 

Itaituba: Dois homens foram presos após furto em clínica

 

Os homens foram abordados próximo ao porto da balsa

Foto divulgação PM


Na noite de domingo (13), dois homens foram presos suspeitos de assaltarem uma clínica médica em Itaituba, oeste do Pará.

A polícia foi acionada pelo serviço reservado para prestar apoio em uma abordagem na Orla da cidade, próximo ao porto da balsa a dois suspeitos de terem realizado o furto na Clínica Betel.

Os homens foram identificados como Yuri Willian de Araújo e Cristian Miguel Slobodzian.

 

Foto Divulgação PM

Durante a abordagem dos policiais, um dos suspeitos que portava um facão, chegou a ameaçar a guarnição e foi contido com disparos de elastômero (bala de borracha).

Os homens confessaram que praticaram o furto e em seguida informaram aos PMs onde estaria escondido parte do dinheiro furtado. Os dois homens conduziram os policiais até uma casa localizada no bairro Vitória Régia onde foi encontrada a quantia de R$ 78.389 dentro de uma máquina de lavar roupas. Ainda foram encontradas duas motocicletas sendo uma CB Twist branca e a outra CG titan vermelha.

Os homens e o material apreendido foram encaminhados para a 19ª Seccional de Polícia para os procedimentos cabíveis.

On News/PM

quinta-feira, 14 de maio de 2020

Caixa vai estender pausa para pagar prestação de imóvel, diz Bolsonaro

Mais de 2,3 milhões de cleintes já solicitaram a pausa ao banco

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (14) que a Caixa Econômica Federal vai estender por mais um mês a pausa emergencial para o pagamento de financiamentos habitacionais. Segundo o presidente, dos 5 milhões de clientes do crédito imobiliário, mais de 2,3 milhões já solicitaram a pausa ao banco.


“As pessoas não têm dinheiro para pagar a prestação da casa própria”, disse ele, ao deixar o Palácio da Alvorada. No primeiro momento, como medida de socorro financeiro pelos impactos da pandemia de covid-19, a Caixa anunciou uma pausa de até dois meses para o pagamento das prestações, depois prorrogou por mais um mês e agora, segundo Bolsonaro, a pausa será ampliada para quatro meses.

De acordo com a Caixa, só têm direito ao benefício os contratos que estão em dia ou com, no máximo, duas prestações atrasadas. O cliente que tem três ou mais parcelas em atraso deve fazer uma renegociação com o banco.

Para o presidente, entretanto, para que a medida funcione, é preciso garantir a renda e o emprego dos trabalhadores. Bolsonaro defende o isolamento social apenas para as pessoas do grupo de risco da covid-19 e o fim do isolamento para toda a população. Com a retomada das atividades e do comércio, segundo ele, haverá demanda para as indústrias voltarem a produzir e gerar empregos.

“Não adianta apenas prorrogar [o pagamento] se o cidadão que perdeu o emprego, teve salário reduzido, não tem como pagar a prestação da casa própria. O que está sobrando de dinheiro pra ele está sendo pra comida”, disse. “O Brasil está quebrando e, depois de quebrar, a economia não se recupera. Vamos ser fadados a ser um país de miseráveis. Temos que ter coragem de enfrentar o vírus. Está morrendo gente? Está, lamento. Mas vai morrer muito mais se a economia continuar sendo destroçada por essas medidas”, ressaltou.

Autoridades de saúde orientam a população e os governos a adotar as medidas de isolamento e distanciamento social como forma de prevenção à disseminação do novo coronavírus. Como ainda não há vacina nem remédio, comprovado cientificamente, contra a covid-19, a orientação visa a frear a transmissão do vírus para evitar que os sistemas de saúde fiquem sobrecarregados e consigam atender a todas as pessoas que venham a ficar doentes.

Bolsonaro fez um apelo aos governadores para que revejam a política de fechamento do comércio e disse que está pronto para conversar. “O Brasil está se tornando um país de pobres. Vai chegar um ponto que o caos vai se fazer presente aqui. Essa história de lockdown, de fechar tudo, não é esse o caminho, esse é o caminho do fracasso, de quebrar o Brasil”, afirmou.

Edição: Graça Adjuto

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Operação em áreas da Amazônia Legal terá orçamento de R$ 60 milhões

Operação envolve um efetivo de 3,8 mil profissionais e 110 viaturas

A Operação Verde Brasil 2 iniciada nesta segunda-feira (11) pelo governo federal para combater o desmatamento ilegal e focos de incêndio na Amazônia terá orçamento inicial de R$ 60 milhões. A operação é realizada após decretação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na Amazônia Legal. 


A operação já está em curso e envolve um efetivo de 3,8 mil profissionais, 110 viaturas, 20 embarcações, 12 aeronaves e terá bases em Belém, Porto Velho e Cuiabá.

Segundo a Vice-Presidência da República, fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) já estão fazendo buscas e autuações nos locais, protegidos por forças federais que atuam na região com poder de polícia conferido pelo decreto de GLO.

“O papel do Ministério da Defesa é de coordenação e controle. Então, as Forças Armadas não estão substituindo nem o Ibama, nem o ICMBio, nem a Funai [Fundação Nacional do Índio]. Até porque elas não são especializadas nesse tipo de atividade, muito pelo contrário”, afirmou o vice-presidente, Hamilton Mourão, em entrevista coletiva. “A capilaridade das Forças Armadas permite estabelecimento de bases no terreno, que facilitem o trabalho de fiscalização e, principalmente, que garantam a segurança e a proteção dos agentes do Ibama, ICMBio, Funai que estão realizando esse tipo de atividade”, explicou.

As operações foram planejadas tendo por base relatórios da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) e imagens geradas pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

Desmatamento
De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número de alertas de desmatamento na Amazônia Legal foi maior nos primeiros meses de 2020, em relação ao ano passado. Em março, por exemplo, as áreas em alerta caíram de 251,42 km² em 2019 para 326,49 km² no mesmo mês deste ano.

Edição: Bruna Saniele

Inscrições para o Enem 2020 começam nesta segunda-feira

Participante pode optar entre exame impresso ou digital

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começam nesta segunda-feira (11) e vão até o dia 22 de maio. Elas poderão ser feitas por meio da página do Enem na internet.


Enem digital
A partir deste ano o Enem terá duas modalidades de provas, as impressas, com aplicação prevista para os dias 1º e 8 de novembro, e as digitais, para os dias 22 e 29 de novembro. O participante que optar por fazer o Enem impresso não poderá se inscrever na edição digital e, após concluir o processo, não poderá alterar sua opção.

A estrutura dos dois exames será a mesma. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira - inglês ou espanhol.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio.

Isenção de taxa
De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), todos os participantes que se enquadrarem nos perfis especificados nos editais, mesmo sem o pedido formal, terão isenção da taxa. A regra vale tanto para os participantes que optarem pelo Enem impresso quanto para os que escolherem o Enem digital e se aplica, inclusive, aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência.

Portanto, no ato da inscrição para o Enem 2020, terão isenção de taxa os candidatos que estejam cursando a última série do ensino médio este ano, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica; tenham feito todo o ensino médio em escolas da rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada e tenham renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio; ou declarem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

A consulta aos resultados dos pedidos de recurso para a isenção de taxa de inscrição do Enem, os interessados devem acessar a Página do Participante, no aplicativo ou no site do Enem, e conferir as informações.

Acessibilidade
A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep visa dar atendimento especializado aos participantes que necessitarem. Para facilitar a compreensão no momento da inscrição, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação "especializado". As solicitações para esses atendimentos também deverão ser feitas entre 11 e 22 de maio. Os resultados serão divulgados em 29 de maio. Para os pedidos que forem negados, está prevista uma fase para apresentação de recursos. O resultado final estará disponível no dia 10 de junho.

Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos entre 25 e 29 de maio, com previsão de divulgação dos resultados em 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho e a disponibilização dos resultados finais em 18 de junho.

Edição: Aécio Amado

sexta-feira, 24 de abril de 2020

“Um grande equívoco”, diz Moro sobre troca na PF

Sergio Moro disse que tentou, ao máximo, evitar a troca no comando da PF, mas Bolsonaro foi irredutível em demitir Maurício Valeixo.

“Busquei postergar essa decisão, às vezes até sinalizando que poderia concordar com essa possibilidade no futuro”, disse Moro.
“Mas cada vez mais me veio a sinalização de que seria um grande equívoco realizar essa substituição.”


Sergio Moro revela que Jair Bolsonaro nunca lhe deu uma razão objetiva para a troca de Maurício Valeixo.

“O presidente passou a insistir na troca do diretor-geral. O que eu sempre disse: presidente não tenho nenhum problema para trocar o diretor da PF, mas preciso de uma causa. E uma causa relacionada à insuficiência de desempenho, erro grave… mas o que vi foi um trabalho bem feito.”

Assessoria
Da Redação

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Exclusivo! Sérgio Moro NÃO pediu demissão do governo

O chefe de redação do Conexão Política, Davy Albuquerque, informou com exclusividade a informação de que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, não pediu demissão do governo.


Ao contrário do que foi veiculado pelo jornal Folha de São Paulo, a equipe do Conexão Política foi diretamente na fonte.

Segundo a assessoria do próprio ministro, não houve nenhuma informação de Moro teria pedido demissão.

Davy publicou em primeira mão, às 15h12, no Twitter, a seguinte mensagem:

“Segundo informações de uma assessora do Ministério da Justiça, Sergio Moro NÃO CONFIRMOU, por hora, o pedido de demissão. Vale destacar que a [des]informação foi publicada com exclusividade pela ‘Folha de São Paulo’”.

terça-feira, 21 de abril de 2020

Alexandre de Moraes abre investigação sobre manifestações em Brasília no domingo


O ministro do STF Alexandre de Moraes abriu um inquérito, a pedido do Procurador Geral da República Augusto Aras, para investigar os organizadores dos protestos de domingo (19) a favor do fechamento do Congresso e do Supremo, segundo o portal O Antagonista.


O pedido de Aras não inclui o presidente Bolsonaro entre os alvos, o procurador-geral não viu indícios de colaboração dele na organização da manifestação.

O inquérito deve apurar a organização dos atos por todo o país realizados no domingo (19). Será conduzido pela PGR sob supervisão do Supremo, por causa da participação de deputados federais na organização.

Desde o ano passado, Moraes já conduz o inquérito sigiloso e inconstitucional aberto por Dias Toffoli para apurar ataques virtuais aos ministros do STF. A nova investigação também tramitará sob segredo de Justiça.

Publicado por : Tiago Netto 

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Rondônia doa 6 toneladas de peixe para Festival Tambaqui da Amazônia em Brasília

Cerca de 6 toneladas de peixe assado serão distribuídas durante o Festival Tambaqui da Amazônia, nesta quarta-feira (7), em frente ao Ministério da Agricultura, em Brasília. Para receber o peixe, é necessário doar um quilo de alimento não perecível. A distribuição começa às 12h.

Rondônia doa 6 toneladas de peixe para Festival Tambaqui da Amazônia em Brasília

A iniciativa é uma parceria entre o Governo do Distrito Federal (GDF), o governo de Rondônia (RO), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e a Secretaria Nacional da Pesca. O peixe foi doado pela Associação de Criadores de Peixes do Estado de Rondônia (Acripar) e veio em um caminhão frigorífico. Ao todo, serão servidas quatro mil bandas do pescado, dizem os organizadores.

Segundo o Ministério da Agricultura, a ideia surgiu do “Churrasco de Tambaqui”, evento realizado há três anos em Ariquemes, em Rondônia. O GDF afirma que o objetivo da ação é promover o consumo do tambaqui junto à população do Distrito Federal. Segundo o Executivo local, a aquicultura é uma atividade relativamente recente na região, mas que vem apresentando taxas de crescimento significativas.

Em 2001, havia 214 criadores de peixes no DF. No ano passado, esse número já havia saltado para 594. Ao todo, é produzida, em média, 1,5 tonelada de pescados na aquicultura local.

Serviço
Festival Tambaqui da Amazônia

Data: 7 de agosto
Horário: 12h
Local: Em frente ao Ministério da Agricultura, na Esplanada dos Ministérios

quinta-feira, 21 de março de 2019

Força-tarefa da Lava acaba de prender Michel Temer e faz buscas por Moreira Franco

Mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da Justiça Federal do Rio de Janeiro. A Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu, na manhã desta quinta-feira (21), Michel Temer, ex-presidente da República. Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia.


Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Desde quarta-feira (20), a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

Por Arthur Guimarães, Paulo Renato Soares e Marco Antônio Martins, TV Globo e G1 Rio


terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

PF prende R$ 100 Milhões em espécie com ex-diretor da Dersa em 60ª fase da Lava Jato

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira o ex-diretor da Dersa, estatal responsável pelas rodovias paulistas, Paulo Vieira de Souza na 60ª fase da operação Lava Jato, na qual também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao ex-presidente da Dersa e ao ex-ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes Ferreira.

Segundo o Ministério Público Federal no Paraná, Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto e apontado como operador financeiro do PSDB, atuou na lavagem de dinheiro para abastecer um esquema de propinas existente dentro da empreiteira Odebrecht.

PF prende R$ 100 Milhões em espécie com ex-diretor da Dersa em 60ª fase da Lava Jato

Ele teria repassado 100 milhões de reais em espécie em 2010 a doleiros que abasteceram o chamado Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, responsável pelo financiamento de campanhas eleitorais e pagamento de propinas a políticos. As investigações apontaram o repasse de propinas a gerentes da Petrobras na mesma época dos repasses aos doleiros.

"Há risco significativo e iminente, a um só tempo, para a ordem pública e para a aplicação da lei penal, o que torna a prisão de Paulo Preto imprescindível", disse o MPF em nota ao justificar a prisão do ex-diretor da Dersa.

PF prende R$ 100 Milhões em espécie com ex-diretor da Dersa em 60ª fase da Lava Jato

"De fato, sua custódia é necessária em razão da gravidade concreta dos crimes de lavagem de dinheiro relacionado à corrupção, que envolveram mais de uma centena de milhões de reais, da reiteração e habitualidade na prática de crimes por mais de uma década, na atualidade da lavagem de dinheiro e na sua atuação deliberada para impedir o bloqueio e confisco de valores ilícitos."

De acordo com a PF, na operação desta terça, batizada de Ad Infinitum, 46 policiais federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva nas cidades de São Paulo, São José do Rio Preto, Guarujá e Ubatuba.

PF prende R$ 100 Milhões em espécie com ex-diretor da Dersa em 60ª fase da Lava Jato

As investigações se basearam em depoimentos de colaboradores da Odebrecht e doleiros. A empreiteira, seus executivos e funcionários firmaram acordos de delação premiada com a Justiça, disse a PF. De acordo com o Ministério Público Federal em São Paulo, Paulo Preto já é réu em duas ações penais, uma envolvendo as obras do Rodoanel Sul e outra sobre as obras do Sistema Viário de São Paulo.

PF prende R$ 100 Milhões em espécie com ex-diretor da Dersa em 60ª fase da Lava Jato

Representantes de Paulo Vieira de Souza e de Aloysio Nunes Ferreira, que foi chanceler no governo Michel Temer e atualmente é presidente da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade, vinculado ao governo do Estado de São Paulo, comandado pelo governador João Doria (PSDB), não foram encontrados para comentar. ReutersReuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

REUTERS
Sergio Moraes 

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Santos e Flamengo disputam Abel após "sim" de Renato ao Grêmio; ficar no Rio seduz técnico

Presidente do Santos viaja ao Rio de Janeiro para tentar vencer concorrência pesada do Flamengo, que agora tem em Abel seu favorito. A permanência de Renato Gaúcho no Grêmio frustrou os planos do Flamengo e gerou uma grande preocupação para o Santos. É que sem seu plano A para assumir o comando do time na próxima temporada, a diretoria do Fla agora volta as atenções para a contratação de Abel Braga, o favorito do Santos para substituir Cuca em 2019.

Abel Braga, agora, virou o principal objetivo de Flamengo e Santos. Pessoas próximas afirmam que o treinador está entusiasmado com a possibilidade de comandar o Rubro-Negro e permanecer no Rio de Janeiro.

Santos e Flamengo disputam Abel após "sim" de Renato ao Grêmio; ficar no Rio seduz técnico

Nos bastidores, o Santos “torcia” para Renato Gaúcho acertar com o Flamengo para ter caminho livre para negociar com Abel Braga. O presidente do Peixe, José Carlos Peres, viajou ao Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira para iniciar as tratativas. Os dois principais candidatos à presidência do Flamengo, Ricardo Lomba e Rodolfo Landim (a eleição será no dia 8 de dezembro) mantiveram contatos paralelos com Renato Gaúcho e Abel. A permanência de Dorival Júnior está praticamente descartada.

Já o Santos, desde que soube da saída de Cuca por causa de problemas cardíacos, focou em Abel. Recentemente, o presidente Peres chegou a dizer que gostaria de contar com o treinador “para ontem”. O clube já havia tentado sua contratação em outros dois momentos de 2018:

No início do ano, Abel preferiu ficar no Fluminense;

Quando o Santos demitiu Jair Ventura, Abel disse que não assumiria nenhuma equipe durante a temporada.

– (Abel Braga) É um técnico top e que gosta do Santos. Tive duas negociações. Primeiro ele não quis abandonar o Fluminense, atitude de gente grande. Falei para ele na ocasião que (Santos) é uma "mini Rio de Janeiro". Ele falou que seria um prazer. Eu gostaria para ontem – afirmou Peres, que agora tentará vencer a concorrência pesada do Flamengo para ter o técnico de seus sonhos.

Por Gabriel dos Santos e Marcelo Baltar — São Paulo e Rio de Janeiro

Caso Daniel: Justiça decreta prisão preventiva de seis réus envolvidos na morte do jogador

Ao todo, sete pessoas foram denunciadas pela Justiça. Daniel foi morto na Região Metropolitana de Curitiba; corpo foi encontrado em 27 de outubro. A Justiça decretou nesta quinta-feira a prisão preventiva de seis suspeitos de envolvimento na morte do jogador Daniel. Eles estavam detidos de forma temporária. Na segunda-feira, o Ministério Público do Paraná (MP-PR) havia pedido para que a prisão temporária deles, que era válida por 30 dias, fosse transformada em preventiva.

Caso Daniel: Justiça decreta prisão preventiva de seis réus envolvidos na morte do jogador

Daniel foi encontrado morto em São José dos Pinhais, na região netropolitana de Curitiba, no dia 27 de outubro. O órgão sexual dele foi mutilado.  Advogado da família Brittes questiona denúncia e diz que jogador 'gerou a tragédia'

Caso Daniel: Justiça decreta prisão preventiva de seis réus envolvidos na morte do jogador

O empresário Edison Brittes Júnior confessou ter matado Daniel. Brittes alegou que o jogador tentou estuprar Cristiana Brittes, esposa do empresário. Contudo, o delegado Amadeu Trevisan, responsáve pela investigação, afirmou que não houve tentativa de estupro.

Veja quem são os réus e os crimes imputados a eles

Edison Brittes Júnior – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, corrupção de menor, fraude processual e coação no curso do processo;
Cristiana Brittes – homicídio qualificado por motivo torpe, coação do curso de processo, fraude processual e corrupção de menor;
Allana Brittes – coação no curso do processo, fraude processual e corrupção de menor;
Eduardo da Silva – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor;
Ygor King – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor;
David Willian da Silva – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e denunciação caluniosa;
Evellyn Brisola Perusso - denunciação caluniosa e falso testemunho

A defesa de Edson Brittes Júnior, Cristiana Rodrigues Brittes e Alana Brittes informou que o recebimento da denúncia é um ato processual de absoluta naturalidade. O advogado Robson Domacoski, responsável pela defesa de Ygor King e David Willian da Silva, afirmou que vai aguardar ter acesso aos documentos para se manifestar a respeito.

Rafael Torres, advogado de Evellyn Brisola Perusso disse que a defesa vai tomar todas as medidas cabíveis para provar que ela é inocente no caso. A defesa afirmou que vai apontar, em juizo, as falhas da denúncia. A defesa de Eduardo da Silva afirmou que não vai se manifestar sobre a aceitação da denúncia.

O crime

O crime aconteceu depois da festa de aniversário de 18 anos de Allana Brittes, filha de Cristiana e Edison Brittes. A comemoração começou em uma boate da capital paranaense na noite de 26 de outubro, uma sexta-feira. Depois, continuou na casa da família Brittes, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Ali, Daniel começou a ser agredido, antes de ser levado ao matagal.

De acordo com o inquérito da polícia, Daniel foi agredido e morto após ter sido flagrado por Edison Brittes deitado na cama de Cristiana. Antes do crime, Daniel enviou mensagens e fotos a um amigo deitado ao lado de Cristiana enquanto a esposa de Edison Brittes dormia.

Os laudos

Conforme as perícias realizadas pelo Instituto Médico-Legal (IML) e pela Polícia Científica do Paraná, marcas de sangue na parede e no chão da casa dos Brittes mostram que Daniel foi espancado ainda dentro do quarto de Cristiana.

Os laudos mostraram também que as pessoas que estavam na casa tentaram limpar as marcas de sangue. Daniel foi levado, segundo depoimentos de testemunhas, para fora da casa e colocado no porta-malas do carro de Edison Brittes. O resultado da perícia encontrou marcas de sangue dentro do veículo.

O jogador foi esfaqueado, e o corpo do dele foi deixado em um matagal a 20 quilômetros da casa onde acontecia a festa, de acordo com a polícia. Conforme o IML, o corpo de Daniel foi carregado por mais de uma pessoa. Em depoimento, Ygor King e David Willian disseram que apenas Edison Brittes tinha saído do veículo e carregado o corpo do jogador até o matagal.

Por Carolina Wolf, G1 PR e RPC Curitiba  

Polícia recebe denúncia de tiros em festa, acha arsenal de armas e detém 2 policiais em Cuiabá

Polícia encontrou som alto, bebidas alcoólicas e mais de 10 armas em casa onde ocorria festa de aniversário. Cerca de 30 pessoas foram levadas à delegacia. Um policial militar, um policial civil e um ex-servidor foram detidos na madrugada desta quarta-feira (28) em uma casa na região do Córrego 8 de Abril, em Cuiabá.

A Polícia Militar foi chamada depois que recebeu denúncia de tiros no interior de uma festa que ocorria no local. Um arsenal de armas foi encontrado e os servidores acabaram detidos. Os servidores foram identificados como Nivaldo Evangelista da Costa Júnior, de 26 anos (policial militar), Fábio Rodrigo de Souza Ramos, de 41 anos (ex-servidor) e Andes de Melo Faria, de 43 anos (policial civil).

Polícia recebe denúncia de tiros em festa, acha arsenal de armas e detém 2 policiais em Cuiabá

A situação ocorreu por volta de 2h30 depois que moradores denunciaram que os participantes da festa faziam disparos no evento. Os policiais encontraram o portão entreaberto e viram pessoas circulando na festa. Algumas delas fizeram mais disparos assim que perceberam a presença dos policiais. Um reforço de equipes da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) foi enviado para ajudar os policiais.

Os participantes da festa não queriam abrir o portão da casa, mesmo com a presença dos policiais. O local acabou arrombado e os participantes revistados. A festa era realizada com um som automotivo alto, segundo a polícia. O policial civil e o policial militar foram abordados e encontrados armados.

O proprietário da casa contou aos policiais que a festa era em comemoração ao aniversário dele e confirmou que fizeram disparos no local. Dentro da casa foram encontradas mais armas, sendo pistolas, revólveres e espingardas. Cerca de 30 pessoas, entre elas os policiais, foram conduzidas à Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Outro lado

O G1 entrou em contato com a assessoria da Polícia Civil, mas não teve retorno até a publicação da reportagem. A assessoria da Polícia Militar disse que o policial vai responder criminalmente na esfera civil e militar. Acrescentou também que a Corregedoria da PM, com as informações do caso, vai abrir um procedimento administrativo.

A Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-MT) disse que não vai se pronunciar no momento. Também declarou que o servidor não seria mais agente e que o contrato dele, no sistema socioeducativo, já teria vencido. A reportagem tenta localizar o advogado dos servidores.

Por G1 MT

O que é o toque fantasma no iPhone X e qual a solução

Depois de vários meses de reclamações em redes sociais e fóruns de tecnologia, empresa reconheceu problema na tela do smartphone. Veja que saída a Apple oferece aos usuários. Lançado no ano passado, o iPhone X foi o smartphone mais caro (US$ 999. No Brasil, o aparelho é encontrado à venda por uma média de R$ 5.500) em dez anos de história da Apple. Mas o celular que a empresa americana vendeu com o slogan "um salto à frente" deu um enorme passo para trás quando dezenas de clientes começaram a reclamar de uma falha conhecida como "toque fantasma".

O que é o 'toque fantasma' no iPhone X e qual a solução oferecida pela Apple

Nos fóruns online da Apple, multiplicavam-se as queixas sobre o assunto: há centenas de resultados quando se procura pelo termo em inglês "ghost touch" na página de suporte técnico da empresa. Trata-se de uma falha curiosa que afeta a tela do aparelho - a primeira da Apple a ser desbloqueada sem botão de início - e que gera um efeito no qual uma espécie de dedo invisível parece mover-se à vontade por ícones de aplicativos, por exemplo.

Em outros casos, a tela não responde ou funciona de forma irregular.  

"Meu iPhone X ficou praticamente inutilizável devido ao toque fantasma. Tentei reiniciá-lo várias vezes, mas está ficando cada vez pior. Podem me ajudar?", escreveu um usuário chamado Lewis no site da Apple em agosto deste ano.

Um dos técnicos da empresa respondeu com o link de uma página de ajuda na qual a Apple sugere a reinicialização do dispositivo "se a tela não responder ao toque". Ele não ofereceu outras soluções no caso de a reinicialização não funcionar.

No site Reddit - que reúne grupos de discussão sobre diversos assuntos - há também dezenas de comentários sobre o problema. Em alguns deles, os clientes da Apple se dizem "irritados", "furiosos" e até "enojados". Mas, após vários meses de controvérsia na internet, a empresa reconheceu o problema.

A resposta da Apple

"A Apple determinou que algumas telas do iPhone X podem sofrer problemas de toque devido a um componente que pode falhar no módulo da tela", informou a empresa em um comunicado publicado em seu site na última sexta-feira.

A empresa de tecnologia diz que, nos dispositivos afetados, a tela - ou parte dela - não responde imediatamente ao toque ou reage mesmo quando não é tocada. Em ambos os casos, a empresa lançou um programa de substituição gratuita da tela em lojas da Apple ou fornecedores autorizados.  A oferta é válida apenas para os iPhone X que foram afetados pela falha. A empresa compromete-se a mantê-la em vigor por um período de três anos. A empresa também diz que se o usuário já mandou consertar o smartphone por conta própria, pode pedir reembolso. 

Antecedentes

Esta não é a primeira vez que os celulares da Apple enfrentam críticas. Uma das últimas controvérsias da Apple tem a ver com o caso "Chargegate", que abrange os problemas com as baterias dos novos smartphones iPhone XS e XS Max, que têm problemas para carregar.

Houve também controvérsia sobre a lentidão deliberada de alguns modelos de iPhone depois de atualizações de software, algo que a Apple reconheceu pela primeira vez em 2017 e justificou como uma maneira de gerenciar o envelhecimento inevitável de baterias de íons de lítio.

"Nosso objetivo é proporcionar a melhor experiência aos nossos clientes", disse a empresa. 

"A Apple sempre foi muito boa em administrar expectativas. Este é um exemplo de como eles arruinaram (isso)", escreveu Nick Heer, desenvolvedor de blogs de tecnologia.

Outros analistas acusaram a empresa de "falta de transparência".

Desta vez, não houve muitas explicações sobre o "componente" que causa a falha do iPhone X, mas uma substituição gratuita foi oferecida.

Em 2016, o iPhone 6 Plus também apresentou complicações com a tela sensível ao toque. No entanto, a empresa cobrou US$ 149 a seus clientes para consertar o defeito.

Por BBC

Responsive Full Width Ad