Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

Mostrando postagens com marcador Policial. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Policial. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 24 de junho de 2021

Força-tarefa para prender Lázaro entra no 16º dia e conta com imagens de satélite e drones com visão térmica

 

Cerca de 270 agentes de diversas força policiais atuam na operação. SSP também disponibilizou aplicativo e disque denúncias para receber informações do suspeito de matar uma família em Ceilândia.





A força-tarefa que tenta prender Lázaro Barbosa entra no 16º dia. Para conseguir localizar o suspeito de cinco mortes, as equipes usam imagens de satélite e drones que conseguem registrar movimentação a 250 metros de distância e, inclusive, a noite. Cerca de 270 policiais de diferentes forças de segurança participam dessa operação, que está concentrada em Girassol, distrito de Cocalzinho de Goiás.

Imagem térmica de drone exemplifica como é feito o registro de pessoas pelo calor do corpo — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 Os drones são usados após moradores denunciarem que viram alguma movimentação em determinada região na área de buscas. O tempo para se chegar ao local e o terreno, com grutas e cavernas, podem ser fatores que dificultam o trabalho com esse equipamento. 

A Polícia Federal também instalou equipamentos que aumentam a distância do sinal de rádio das equipes. Agora, o raio de comunicação é de 35 km.

A força-tarefa também segue com várias barreiras em estradas de terra e rodovias nas regiões de Cocalzinho e Águas Lindas de Goiás. 

A SSP-GO disponibilizou um aplicativo para que moradores da região possam fazer denúncias e alertas. Para evitar trotes, apenas pessoas em um raio de 100 km da área de busca podem enviar os pedidos de socorro. Além disso, há um disque denúncia para reforçar as buscas pelo criminoso. Quem tiver informações relevantes pode encaminhar para o telefone (61) 9 9839-5284. 

Além de policiais e bombeiros, a caçada conta ainda com rádios comunicadores que têm um alcance de até 30km, drones equipados com sensores de movimento que estão sendo usados em áreas onde o sobrevoo de helicóptero é mais arriscado, e cães farejadores, inclusive uma cadela que atuou nas buscas por vítimas na tragédia de Brumadinho.


G1 Goiás

 

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Operação Cara & Coroa investiga retirada ilegal de moedas antigas em sítio arqueológico no Pará

 

As moedas são datadas da época do Brasil Império e são consideradas patrimônio histórico nacional.

A Polícia Federal deflagrou hoje (23/6) a Operação Cara & Coroa, que teve como objetivo a busca de moedas antigas encontradas por escavadores não autorizados no município de Colares/PA.

 

As moedas, caracterizadas como bens da União, são datadas da época do Brasil Império e são consideradas patrimônio histórico nacional. O local onde foram coletados os artefatos foi demarcado como sítio arqueológico pelo IPHAN.

 

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, expedidos pela 9ª Vara Federal Ambiental e Agrária da Justiça Federal do Pará. As moedas foram apreendidas nas residências dos alvos.

 

Confirmada a hipótese criminal, a referida conduta se enquadra como usurpação de bens da União, crime previsto no Art. 2, § 1 da lei 8176/91 c/c art. 62 da lei 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais), com pena de detenção, de um a cinco anos e multa.

 

Ascom Policia Federal

Novo Progresso: Homem é preso por furtar malote em vôo

 

Na encomenda havia dinheiro e ouro

Foto Divulgação PM


A Polícia Militar de Novo Progresso, foi acionada na noite de terça-feira (22), pela proprietária de uma agência de vôo e foi informada de que um malote de encomenda contendo ouro e dinheiro foi violado e furtado durante uma viagem.

Com base nas informações, os policiais chegaram até um suspeito identificado por Francisco das Chagas, que se encontrava em frente a uma Vila do município. Após a abordagem, os PMs encontraram uma quantia de R$ 9.923,00 em espécie.

O homem confessou que violou o malote durante a viagem e informou que vendeu o ouro que também estava na encomenda.

O homem foi preso e conduzido a delegacia junto com os materiais apreendidos.


On News/PM

 

Força-tarefa entra no 15° dia de buscas a Lázaro Barbosa em Goiás

 

Investigado por chacina em Ceilândia, ele é procurado por mais de 270 agentes. Desde que caça começou, criminoso já invadiu diversas propriedades, fez pessoas reféns e trocou tiros com policiais e um caseiro.

Foto Reprodução


Nesta quarta-feira (23) as buscas por Lázaro Barbosa, suspeito de matar uma família em Ceilândia, no DF, entram no 15º dia seguido. Mais de 270 agentes atuam na caça pelo criminoso. Desde que começaram as buscas, o investigado já invadiu diversas propriedades, fez pessoas reféns e trocou tiros com policiais e um caseiro. 

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Goiás informou que a força-tarefa continua avançando na procura pelo fugitivo e que a operação acontece durante o dia e à noite, sem cessar. Na noite de terça-feira (22), policiais fizeram um novo cerco em uma mata após denúncia de troca de tiros entre um caseiro de uma chácara e um suposto invasor. A corporação investiga se era Lázaro.

Além de policiais e bombeiros, a caçada conta ainda com rádios comunicadores que têm um alcance de até 30km, drones equipados com sensores de movimento que estão sendo usados em áreas onde o sobrevoo de helicóptero é mais arriscado, e cães farejadores, inclusive uma cadela que atuou nas buscas por vítimas na tragédia de Brumadinho. 

A força-tarefa também segue com várias barreiras em estradas de terra e rodovias nas regiões de Cocalzinho e Águas Lindas de Goiás. 

A SSP-GO disponibilizou ainda um disque denúncia para reforçar as buscas pelo criminoso. Quem tiver informações relevantes pode encaminhar para o telefone (61) 9 9839-5284.

Carro queimado e lençol encontrado


Na terça-feira (22), a força-tarefa encontrou, pela manhã, um carro queimado e, à tarde, um lençol usado e um serrote. Todos os itens passaram por perícia para verificar se eles tem relação com Lázaro Barbosa. 

O carro, um Corsa Classic, foi encontrado às margens de uma estrada de chão que dá acesso à Gruta dos Ecos, região onde acontece buscas por Lázaro. O veículo ficou totalmente destruído pelas chamas.  

Durante a tarde, os policiais encontraram um lençol e um serrote em um local que Lázaro pode ter se abrigado, em Águas Lindas de Goiás. A SSP-GO informou que os objetos foram levados para perícia para verificar se ele foi usado pelo fugitivo.


G1 Goiás



 

segunda-feira, 21 de junho de 2021

Itaituba: Um homem morre e outro é preso após confronto com a PM

 

De acordo com os policiais, a dupla é suspeita de praticar vários assaltos, inclusive de uma motocicleta no bairro Jardim das Araras.

Foto Divulgação PM


Um homem morreu e outro foi preso na tarde desta segunda-feira (21) em Itaituba, oeste do Pará.

De acordo com os policiais, a dupla é suspeita de praticar vários assaltos, inclusive de uma motocicleta no bairro Jardim das Araras.

Foto Divulgação PM


Os policiais chegaram até os suspeitos após uma denúncia anônima e com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO), abordaram os homens em uma residência na 15ª rua do bairro São Tomé. Ao avistarem os policiais, os dois fugiram pulando muros e foram cercados pelos PMs.

Os policiais informaram que  um dos suspeitos sacou uma arma e tentou atirar contra a guarnição que revidou para conter o homem. Ele foi atingido e morreu no local. O outro homem foi preso. Os homens não tiveram os nomes divulgados.

A polícia Civil foi acionada juntamente com o Instituto Médico Legal para realizar a remoção do corpo.

On News/PM

 

Mulher mata o esposo com tiro na cabeça em Santarém

 

A vítima teria tentado se defender dos disparos, mas não resistiu e morreu no local

Foto Reprodução


Apesar de não ter as mesmas proporções que a causada em mulheres, a violência doméstica contra homens existe e também é crime. O descontrole de parceiras causado por ciúmes, raiva, entre outros sentimentos, pode levar a situações drásticas e até fatais. 

Um homem, identificado apenas como Matteo, foi morto com três tiros de pistola pela própria esposa, identificada como Raquel, nesta segunda-feira (21), em Santarém, oeste do Pará. O crime ocorreu dentro do apartamento onde o casal morava.

Os tiros atingiram a cabeça, o maxilar e uma das mãos da vítima, que teria tentado se defender no momento de fúria da parceira. 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. A suspeita de cometer a ação foi conduzida para uma seccional de Polícia Civil.


O Liberal

Itaituba: CPR- X registra marca de 100 armas de fogo apreendidas em seis meses

 

As abordagens foram realizadas durante operações no trânsito, em bares, e estradas do município.

Foto Reprodução


De acordo com a Polícia Militar de Itaituba, oeste do Pará, 100 armas de fogo ilegais foram apreendidas e retiradas das ruas somente no primeiro semestre de 2021, em operações realizadas pela PM.  As abordagens foram feitas durante operações no trânsito, em bares e estradas da cidade.

 Desse número, a polícia apreendeu 94 armas industriais e seis caseiras. Cerca de 17 armas foram apreendidas por mês durante o semestre.

De acordo com o comandante do CPR-X, Tenente Coronel Pedro Coelho, as ações ajudam a evitar o crescimento e registro de novos casos de homicídios.  “Essas armas que são apreendidas em bares, em festas, em eventos, e etc, têm uma grande possibilidade de serem utilizadas para cometer um delito, por isso a importância que damos para essas apreensões, que nós estamos tentando evitar assassinatos”, alertou o tenente-coronel.

Ainda de acordo com o comandante, essas apreensões mostram o empenho da equipe, uma vez que essa mesma marca foi alcançada no ano passado somente no mês de setembro. “Ficamos felizes com os resultados e vamos continuar intensificando as operações para diminuir o registro de novos casos”. Finalizou o comandante.

 

 

Itaituba: Gerente de hotel é presa por tráfico de entorpecentes

 

Segundo informações, a mulher mora em Itaituba, no bairro Bom remédio.

  


A polícia Militar, prendeu uma mulher suspeita de comercializar drogas em um hotel na Comunidade garimpeira de Crepurizinho, em Itaituba, oeste do Pará.

O fato ocorreu no sábado (19), porém, a ocorrência só foi registrada posteriormente devido a falta de sinal de internet.

Após denúncias de que a gerente de um hotel, identificada por Vildete Silva Santos, de 37 anos, estaria comercializando entorpecentes, a PM se deslocou até o local e após buscas, encontrou entre os pertences de Vildete, 25 Trouxinhas de material cuja característica de pó   branco aparentava ser cocaína e a quantia de R$131,00.

Foto Divulgação PM

Segundo informações, Vildete mora em Itaituba.

A mulher foi encaminhada para a delegacia para os procedimentos cabíveis.


On News/PM

sexta-feira, 18 de junho de 2021

Buscas a Lázaro entram no 10° dia com ao menos 11 propriedades invadidas e 4 pessoas que foram feitas reféns pelo suspeito

 

Suspeito tem hábito de invadir casas rurais durante a noite para se alimentar e passar o dia escondido nas matas e rios, conforme perfil traçado pela polícia. Mais de 200 policiais buscam por Lázaro nas regiões onde foi visto.

Foto recente de Lázaro Barbosa enviada pela Polícia Civil — Foto: Reprodução

As buscas a Lázaro Barbosa, de 32 anos, suspeito de fazer uma chacina em Ceilândia, no DF, entram no 10° dia, nesta sexta-feira (18). Ao iniciar a fuga, ele tem deixado rastros de destruição em Cocalzinho de Goiás, onde está escondido em matas e rios, segundo a polícia. São ao menos 11 propriedades invadidas, 4 pessoas feitas reféns (todos resgatados) e mais 4 trocas de tiros, com policiais e um caseiro 

 O balanço, no entanto, é uma estimativa com relatos de policiais e de moradores, já que podem ter ocorrido invasões ainda não registradas ou informadas por moradores, conforme acontece ao longo das buscas. 

A operação foi retomada na manhã desta sexta-feira(18) pela força-tarefa com mais de 200 policiais e aguarda a chegada de mais homens da Força Nacional. Até este momento, tropas de elite das polícias Civil (GT3), Militar (Bope e Rotam), Federal (COT) e Rodoviária Federal (PRF) integram os grupos de caça e são apoiados por helicópteros, cães farejadores e drones com visão térmica. 

Na quinta-feira (17), policiais encontraram um colchão dentro da mata, que pode ter sido usado pelo fugitivo para dormir.

Momento em que policial chega com objetos encontrado em mata na base de comando em Cocalzinho de Goiás — Foto: Vitor Santana/G1 Goiás

O mapa das cidades que Lázaro percorre para se esconder, Edelândia, Girassol e Cocalzinho de Goiás, mostra que ele percorreu cerca de 70km a pé pelas matas do estado, e algumas ocasiões com carros roubados de moradores, os quais abandonou pelo caminho ao avistar policiais. 

O suspeito da chacina tem hábito de invadir casas rurais durante a noite para se alimentar e depois passar o dia escondido em matas e rios, conforme o perfil de fuga traçado pela polícia. 

Ele é considerado "mateiro" pela SSP goiana, o que é uma pessoa experiente e conhecedora do mato, rios, grutas e esconderijos da região. A polícia identificou que Lázaro Barbosa dorme em árvores e usa os rios para se camuflar. 

Policiais se mobilizam para capturar Lázaro Barbosa. Foto: GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO

"Ele é da região [Entorno do DF] e é mateiro, acostumado a se 'emburacar' em vários pontos", explicou o secretário Rodney Miranda.

G1 Goiás

 

Itaituba: PRF prende mulheres com 21 kg de drogas durante fiscalização em ônibus

 A droga teria como destino final  a cidade de Campina Grande, na Paraíba. As mulheres receberia cinco mil reais pelo transporte.

Foto divulgação PRF


No início da noite de quinta-feira (17), a Polícia Rodoviária Federal, prendeu em Itaituba, oeste do Pará, três mulheres em uma abordagem realizada em ônibus com destino a Altamira.

Durante uma fiscalização de rotina, os PMs identificaram três mulheres que apresentaram nervosismo e histórias estranhas. Dessa forma, ao verificar as bolsas dessas passageiras, foram encontrados cerca de 21kg de substância análoga a pasta base de cocaína.

Ao questionar sobre a procedência da droga, as mulheres informaram que saíram da cidade de Rio Branco, no Acre, tendo como destino final a cidade de Campina Grande, na Paraíba. Além disso, receberiam, cada, a quantia de cinco mil reais para realizar o transporte.

Diante, em tese, do crime de tráfico interestadual de drogas,as três mulheres e a droga foram encaminhadas à Polícia civil de Itaituba para os procedimentos cabíveis no código de processo penal.


On News /PRF

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Cinegrafista acusado de matar ex-esposa no Pará é preso em Roraima


Arlison Ferreira é acusado pela justiça de ter matado com requintes de  crueldade a esposa na frente do filho.
Jovem tinha 25 anos quando foi assassinada (Foto Reprodução)
 
 Arlison Ferreira, foi preso hoje (17), quando chegava para trabalhar como cinegrafista em uma emissora de televisão no Paraviana em Roraima.

Ele é acusado pela justiça de ter matado com requintes de crueldade a esposa na frente do filho. O femicídio aconteceu na cidade de Itaituba no Pará

O caso ganhou repercussão no Estado do Pará por conta do desaparecimento da jovem. Foi dada como desaparecida no dia 9 de maio de 2019 e seu corpo foi encontrado mais de um mês depois em 31 de maio de 2019 em uma propriedade rural.


Segundo o levantamento do Instituto médico Legal de Itaituba, a mulher foi morta com uma perfuração no crânio por arma de fogo e apresentava feridas contundentes que indicavam possível espancamento.



Na época, os familiares da mulher, afirmaram que o homem alegou não saber do desaparecimento da ex-esposa e que iria levar o filho do casal para passar uns dias no Maranhão, não dando mais notícias desde então. A criança  de três anos foi recuperada judicialmente após busca e apreensão realizada em Boa Vista em 2019.



Fonte: On News com informações do Folha BV

Lázaro Barbosa é investigado por matar caseiro em Goiás quatro dias antes de chacina em Ceilândia.

 

Procurado por mais de 200 policiais, Lázaro é suspeito de matar família no DF há 9 dias. Fotos mostram que casa de Lázaro Barbosa, suspeito de chacina em Ceilândia, tem itens que indicam bruxaria e rituais, diz polícia.

Foto Divulgação Polícia Civil


Lázaro Barbosa, de 32 anos, é investigado por matar um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás quatro dias antes da chacina em Ceilândia. De acordo com boletim de ocorrências, ele estava com roupas pretas, encapuzado e usava colete a prova de balas. 

O delegado Rafhael Barboza informou que suspeito entrou na propriedade atirando e que não levou nenhum pertence da vítima. 

“Já chegou atirando. O rapaz foi alvejado e, nisso, o pessoal que estava em outra casa foi em direção ao local do ocorrido e ele empreendeu fuga. A princípio, não levou nada, mas houve o homicídio”, disse.

O caso aconteceu no dia 5 de junho. O documento da Polícia Civil informa que o suspeito invadiu a residência pela cozinha e que a vítima se assustou ao vê-lo e questionou o que estava acontecendo, momento em que os disparos foram efetuados. 

O delegado informou que um inquérito está em aberto para apurar o crime. A identidade da vítima não foi divulgada. 

Lázaro é suspeito de matar uma família em Ceilândia, no Entorno do Distrito Federal, e fugir para a região de Cocalzinho de Goiás, tem uma extensa ficha criminal com passagens na Bahia, Distrito Federal e Goiás.

A fuga

Lázaro Barbosa está fugindo de uma força-tarefa de mais de 200 policiais há oito dias pela região goiana que fica no Entorno do Distrito Federal.

A polícia usa cães, drones e helicópteros na busca ao suspeito. Trinta e quatro propriedades rurais em Goiás estão ocupadas pelas forças de segurança para evitar ação do homem.

Foto Reprodução

Em um encontro, na terça-feira (15), entre Lázaro e policiais, houve confronto e dois militares foram atingidos de raspão. Eles foram levados conscientes para hospitais de Goiás. 

Os homicídios contra a família do DF foram cometidos na quarta-feira (9). Ele é suspeito de assaltar a fazenda e matar a tiros e a facadas os integrantes da família.

De acordo com a Polícia Militar, ele invadiu chácaras, atirou em três pessoas, das quais duas estão em estado grave, furtou um carro e o abandonou na BR-070. 

Fotos mostram que casa de Lázaro Barbosa, suspeito de chacina em Ceilândia, tem itens que indicam bruxaria e rituais, diz polícia. 

Em uma das paredes da casa está escrito "satan", que traduzido do inglês ao português significa "satanás". O delegado investiga se Lázaro morava com alguém na casa e há quanto tempo ele residia no local.

Foto Divulgação Polícia Civil

De acordo com o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, Lázaro segue um ritual para matar suas vítimas. Ele informou que o criminoso é "psicopata" e tem facilidade de se esconder por ser mateiro e caçador. 

Foto Divulgação Polícia Civil

“Ele leva para beira do rio, manda tirar as roupas e acaba matando”, disse o secretário durante entrevista coletiva.

Os policiais de Goiás e do Distrito Federal (DF) procuram o suspeito dentro de rios e em matas.

G1 Goiás


Jacareacanga: Vice-prefeito é alvo de operação federal contra garimpo em terras indígenas e está foragido

 

Valmar Kaba Munduruku possui mandado de prisão preventiva, e de busca e apreensão, na operação Mundurukânia 2 da Polícia Federal e Força Nacional.

Foto reprodução

Um dos alvos da Operação Mundurukânia 2, o vice-prefeito de Jacareacanga, sul do Pará, Valmar Kaba Munduruku, está foragido. Ele é suspeito de dar apoio ao garimpo ilegal nas terras indígenas da região e teve mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Federal e também de busca e apreensão, na operação da Polícia Federal e da Força Nacional. 

A ação nesta quarta (16) é conjunta com a Força Nacional de Segurança Pública e a Força Aérea Brasileira. Ao todo, 45 policiais federais e 30 integrantes da Força Nacional atuaram nas terras indígenas Munduruku e Sai Cinza, localidades que seriam alvo de garimpeiros.

Os agentes cumprem seis mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Itaituba. Até então, há notícia de duas prisões, mas a Polícia Federal não divulga a identidade dos acusados. Armas e munições estão entre os objetos apreendidos pelos policiais.

Foto PF/PA


A operação é uma resposta aos ataques contra agentes de segurança pública que participaram da Operação Mundurukânia 1, bem como dos incêndios provocados nas residências das lideranças indígenas nos dias 25 e 27 de maio.

Os crimes investigados são de associação criminosa, incêndio, atentado contra a segurança de transporte marítimo, fluvial ou aéreo e coação no curso do processo, entre outros.

Na terça-feira (15), a Justiça Federal determinou o envio de agentes federais para as duas terras indígenas em resposta ao ataque a um ônibus com indígenas Munduruku.


Conflitos


Os atos hostis ocorreram entre 25 a 27 de maio, logo após a deflagração da Operação Mundurukânia 1, que combateu a prática clandestina de garimpos nas terras indígenas Munduruku e Sai Cinza, no município de Jacareacanga.

Essa prática, além de provocar graves danos ao meio ambiente, devido ao uso de produtos químicos altamente nocivos, o que causou a poluição de rios e lençóis freáticos, também gerou conflitos entre garimpeiros e indígenas.

 

Os manifestantes, que seriam de grupos do garimpo, tentaram invadir a base e depredar patrimônio da União, aeronaves e equipamentos policiais, provocando que medidas de contenção fossem tomadas com efetividade para a dispersão dos invasores sem que houvesse feridos.

De acordo com a PF, o cumprimento dessa operação também faz parte de uma série de medidas, determinadas pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, em julho do ano passado, para realizar o enfrentamento e monitoramento da Covid, a fim de evitar o contágio e a mortalidade entre a população indígena.

Ainda segundo a PF essa prática, além de provocar graves danos ao meio ambiente devido ao uso de produtos químicos altamente nocivos, ainda causa a poluição de rios e lençóis freáticos, além de gerar uma série de outros problemas sociais na região, como conflitos entre garimpeiros e indígenas.


G1 Pará

 

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Itaituba: Veículo com ocorrência de roubo e documento falso é apreendido pela PRF em fiscalização

 

Na fiscalização foram constatados vestígios de ação de instrumento abrasivo e posterior remarcação nos elementos de identificação.

Foto Divulgação PRF


 Por volta das 14h30 desta quarta-feira (16), durante fiscalização no km 1146 da BR-230, no município de Itaituba, oeste do Pará, a equipe da Polícia Rodoviária Federal de Santarém apreendeu uma caminhonete com registro de furto e uso de documento falso. 

A caminhonete estava estacionada às margens da BR-230, quando a equipe da PRF identificou que o veículo é fraudado, na modalidade “clone”, ou seja, os dados aparentes não condizem com o verdadeiro veículo. Foram constatados vestígios de ação de instrumento abrasivo e posterior remarcação nos elementos de identificação. 

De acordo com a PRF, ao questionar o condutor sobre o documento do veículo, ele apresentou um CRLV que também possuía indícios de adulteração. 

Após verificação de outros elementos, A PRF identificou o verdadeiro veículo, que se trata de uma Chevrolet S10 com registro de roubo no dia 11 de julho de 2020, no município de Olinda, estado de Pernambuco. 

Ao questionar sobre a procedência do veículo, o condutor afirmou que o veículo foi adquirido de um indivíduo em uma compra boca a boca. Que não sabe o nome do vendedor, mas pagou R$ 50 mil pelo veículo, e que foi em um despachante e recebeu a resposta de que “o carro estava sem problemas”. Ainda de acordo com o condutor, ele estava aguardando pagar mais R$ 15 mil ao vendedor, porém não sabe mais onde encontrá-lo. 

Diante dos crimes de Receptação (art. 180, CP) e uso de documento falso (art. 304 do CP), o condutor e o veículo recuperado foram encaminhados para Polícia Federal do município de Itaituba para os procedimentos cabíveis.

 G1 Santarém

Amazonenses desaparecidas são encontradas em cova em SP

 




Júlia Renata Garcia Rafael e Claudia Cristina foram reconhecidas por familiares. Corpos vão para o Amazonas para sepultamento


Polícia Civil de São Paulo confirmou que os dois corpos localizados no acostamento do quilômetro 48 do Rodoanel Mário Covas, na terça-feira (15), são das amigas desaparecidas em Paraisópolis.

Julia Renata Garcia Rafael, de 26 anos, e Claudia Cristina, de 35 anos, desapareceram no dia 3 de junho quando foram a uma festa clandestina na comunidade de Paraisópolis, na zona sul da capital paulista.

De acordo com o delegado Fábio Pinheiro Lopes, os familiares reconheceram as mulheres por meio de tatuagens, inclusive o nome do filho de Claudia. Os corpos estavam em estado avançado de decomposição.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, os corpos estavam sujos de terra, o que indica que já haviam sido enterrados e desenterrados. As vítimas vestiam calças jeans e blusas cropped. Uma delas tinha tatuagens no braço.

Investigação

A principal linha de investigação da Polícia Civil é que as amigas foram mortas na madrugada dos dias 2 e 3 de junho, ambas no mesmo dia e horário, mas com possíveis motivações diferentes.

Ainda segundo o delegado, as amigas foram enterradas e a polícia acredita que criminosos da própria comunidade tenham ordenado que as desenterrassem e jogassem os corpos em outro local para que fossem achadas, diminuindo assim a presença das forças de segurança em Paraisópolis.

Fabio Pinheiro Lopes afirmou que ainda há diversas suposições para o motivo das mortes, uma das linhas analisada é de que Claudia se relacionava com um policial militar e ela pode ter sido vista como informante.

Já no caso de Julia, os policiais analisam uma possível relação com outra pessoa indevida, mas pode ser apenas que a jovem tenha sido morta por estar no local e hora errada.

O delegado coordenador do DHPP disse que ainda não pode afirmar se o dono da casa noturna tem envolvimento com o crime. Eles acreditam que as jovens podem ter sido atraídas para a festa, pois houve uma insistência grande para irem ao local.

O caso estava sendo investigado como desaparecimento e, agora, foi direcionado para a 1ª Delegacia de Homicídios.

Enterro

Segundo a advogada da família de Julia, após o reconhecimento e liberação dos corpos, eles serão levados para o Amazonas, estado de origem das duas jovens.

A prefeitura da cidade natal de Julia e Claudia foi responsável pela contratação da funerária, que fará a remoção dos corpos, uma vez que as famílias não possuem condições financeiras.


Fonte: Dol

 

Polícia Federal deflagra Operação Mundurukânia 2 para aprofundar investigações sobre ataques a agentes de segurança pública e lideranças indígenas

 PF, Força Nacional de Segurança Pública e Força Aérea Brasileira atuam em conjunto dando cumprimento a seis mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão na região de Jacareacanga/PA



 A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã (16), em ação conjunta com a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) e a Força Aérea Brasileira (FBA), a Operação Mundurukânia 2, que tem por objetivo instruir os inquéritos policiais instaurados para apurar as manifestações violentas e ataques contra os agentes de segurança pública que participaram da Operação Mundurukânia, bem como dos incêndios provocados nas residências das lideranças indígenas Munduruku.

Os atos hostis ocorreram entre 25 a 27 de maio, logo após a deflagração da fase anterior da Operação.

A Operação Mundurukânia 1 teve como escopo combater a prática clandestina de garimpos nas terras indígenas Munduruku e Sai Cinza, no município de Jacareacanga/PA. Essa prática, além de provocar graves danos ao meio ambiente, devido ao uso de produtos químicos altamente nocivos, causando a poluição de rios e lençóis freáticos, também gera uma série de outros problemas sociais na região, como conflitos entre garimpeiros e indígenas.

Participam da ação de hoje 45 policiais federais e 30 integrantes da FNSP, além de militares da FAB, dando cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão, além de seis mandados de prisão preventiva, expedidos pela Justiça Federal de Itaituba/PA.

Os policiais estiveram nesta manhã, na residência do vice-prefeito de Jacareacanga Walmar Kaba Munduruku que segundo informações seria  um dos alvos da operação.
Foto Reprodução



Os crimes investigados são de associação criminosa (art. 288 do CP), incêndio (art. 250 do CP), atentado contra a segurança de transporte marítimo, fluvial ou aéreo (art. 261 do CP) e coação no curso do processo (art. 344 do CP), além outros crimes que venham a ser descobertos ao longo da investigação.

 Comunicação Social da Polícia Federal de Santarém/PA

terça-feira, 15 de junho de 2021

Polícia militar prende foragido da justiça do Mato Grosso em Novo Progresso

 

 O homem é foragido da cidade de Primavera do Leste (MT), pelo crime de roubo.

Foto PM


Um homem com mandado de prisão em aberto foi preso no domingo (13) em Novo Progresso PA.

Segundo a PM, o homem de nome Marcos, foi recapturado, por volta das 21h10m.   Marcos foi abordado em atitude suspeita em via pública.  Ao consultar bancos de dados do Infoseg, que é um cadastro geral que disponibiliza dados de Segurança Pública, Justiça e Fiscalização por meio da Internet, utilizando um Índice Nacional, possibilitando acessar dados básicos de indivíduos, armas de fogo, veículos, condutores, CPF e CNPJ, foi constatado que ele é foragido da cidade de Primavera do Leste (MT), pelo crime de roubo, e tinha um mandado de prisão pendente expedido pela vara daquele município.

Marcos não reagiu a prisão, e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Novo Progresso, para procedimentos cabíveis.

Folha do Progresso

segunda-feira, 14 de junho de 2021

Itaituba: Dois homens foram presos após furto em clínica

 

Os homens foram abordados próximo ao porto da balsa

Foto divulgação PM


Na noite de domingo (13), dois homens foram presos suspeitos de assaltarem uma clínica médica em Itaituba, oeste do Pará.

A polícia foi acionada pelo serviço reservado para prestar apoio em uma abordagem na Orla da cidade, próximo ao porto da balsa a dois suspeitos de terem realizado o furto na Clínica Betel.

Os homens foram identificados como Yuri Willian de Araújo e Cristian Miguel Slobodzian.

 

Foto Divulgação PM

Durante a abordagem dos policiais, um dos suspeitos que portava um facão, chegou a ameaçar a guarnição e foi contido com disparos de elastômero (bala de borracha).

Os homens confessaram que praticaram o furto e em seguida informaram aos PMs onde estaria escondido parte do dinheiro furtado. Os dois homens conduziram os policiais até uma casa localizada no bairro Vitória Régia onde foi encontrada a quantia de R$ 78.389 dentro de uma máquina de lavar roupas. Ainda foram encontradas duas motocicletas sendo uma CB Twist branca e a outra CG titan vermelha.

Os homens e o material apreendido foram encaminhados para a 19ª Seccional de Polícia para os procedimentos cabíveis.

On News/PM

sábado, 12 de junho de 2021

Em ônibus na BR-163, fiscalização da PRF flagra dupla com quase 10 kg de drogas em malas

 

O nervosismo de um rapaz de 23 anos e uma jovem de 19 anos durante a abordagem chamou a atenção dos policiais.
 

Foto PRF Divulgação

O Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da Polícia Rodoviária Federal de Santarém, oeste do Pará, flagrou uma dupla transportando drogas em malas, ao realizar abordagem de fiscalização em ônibus com rota Santarém/Belém, no início da madrugada deste sábado (12).

Durante a abordagem aos passageiros do ônibus, os policiais rodoviários federais perceberam que um rapaz de 23 anos e uma jovem de 19 anos, apresentaram nervosismo e contradição de informações, o que motivou a verificação das bolsas e bagagens dos dois.

Nas malas da dupla, a PRF constatou farta quantidade de substâncias análogas à maconha, skunk, pasta base e cocaína, totalizando aproximadamente 10 kg de material, sendo 9 kg de maconha, 198g de cocaína e 970g de pasta base).

Diante da constatação, foi dada voz de prisão à dupla, que foi conduzida, assim como o material entorpecente à Delegacia da Polícia Civil de Santarém, a fim de serem realizados os procedimentos previstos no Código de Processo Penal.


G1 Santarém

 

sexta-feira, 11 de junho de 2021

Itaituba: Adolescente morre com tiro acidental

 

O acidente aconteceu na Comunidade de Barreiras

Foto Reprodução

Na tarde de quinta-feira (10), um adolescente de 13 anos com as iniciais D.S, morreu após ser atingido por um tiro acidental na Comunidade de Barreiras, em Itaituba, oeste do Pará.

Segundo os policias, que foram acionados na ocorrência, o adolescente havia saído para caçar e levou uma arma tipo Espingarda nas costas.

Em um determinado trecho, o menino caiu em um buraco e arma bateu no chão e acabou efetuando o disparo que acertou o pescoço do adolescente.

O menino não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O caso foi registrado na 19ª Seccional de Polícia Civil.

On News /PM

Responsive Full Width Ad