Menu Right

Top Social Icons

Responsive Full Width Ad

Publicidade
Publicidade
✆ 93 9 9211 0226
WhatsApp
WhatsApp

Mostrando postagens com marcador Policial. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Policial. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Policial que morreu após atirar contra si dentro da delegacia em Uberlândia é enterrado

Expediente do órgão ficou reduzido nesta quinta (29). Homenagens foram feitas ao policial. Foi enterrado na tarde desta quinta-feira (29) o corpo do policial civil Neilton Tavares, que atentou contra a própria vida dentro da Delegacia Regional de Uberlândia. Devido ao fato, o expediente do órgão ficou reduzido.

Policial que morreu após atirar contra si dentro da delegacia em Uberlândia é enterrado

Policiais prestaram homenagem durante o enterro. A assessoria da Polícia Civil em Belo Horizonte informou que irá apurar os fatos e que um inquérito será instaurado. O policial atirou contra si durante a tarde desta quarta-feira (28). Ele chegou a ser socorrido ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A reportagem da TV Integração apurou que Neilton Tavares fazia acompanhamento psicológico e utilizou a própria arma para atirar contra a cabeça nas dependências da delegacia.

Por Triângulo Mineiro

PRF abre concurso para 500 vagas de policial rodoviário

Os candidatos devem ter graduação de nível superior em qualquer área. O salário é de R$ 9.473,57; edital foi divulgado nesta quarta. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou edital de concurso público para 500 vagas de policial rodoviário federal. O salário é de R$ 9.473,57.


Do total de vagas, 100 são reservadas para candidatos negros e 33 para pessoas com deficiência. Os candidatos devem ter graduação de nível superior em qualquer área e Carteira Nacional de Habilitação no mínimo de categoria "B" e que não possua observação de adaptação veicular ou restrição de locais e horário para dirigir.


O policial rodoviário tem jornada de 40 horas semanais e realiza atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da PRF. As inscrições devem ser feitas de 3 a 18 de dezembro pelo site da organizadora, a Cespe: http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18. A taxa é de R$ 150,00.

Podem pedir isenção da taxa candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), membros de família de baixa renda ou doadores de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Por G1

Suspeito morre em perseguição policial após assalto com reféns em Americana

Segundo informações da Polícia Militar, um suspeito fugiu e outro foi detido durante a ação. Trio havia roubado uma casa no Jardim São Pedro; carro ficou destruído. Perseguição contra suspeito de roubo em residência termina em morte em Americana.

Um suspeito morreu na tarde desta quarta-feira (28), após assaltar uma casa e fazer duas pessoas reféns no Jardim São Pedro, em Americana (SP). Segundo informações da Polícia Militar, três homens invadiram a residência e levaram eletroeletrônicos, um carro, entre outros objetos.

Suspeito morre em perseguição policial após assalto com reféns em Americana

Após o roubo, o veículo foi identificado e a PM iniciou uma perseguição por vários bairros da região. Durante a fuga, o veículo bateu em um ônibus escolar e capotou na Avenida São Gerônimo. A PM ainda informou que, dos outros dois criminosos, um fugiu e o outro foi detido no local do acidente.

De acordo com os bombeiros, o assaltante chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital. O ônibus não tinha passsageiros no momento da colisão e o motorista não ficou ferido. Uma faixa da avenida precisou ser inderditada. O carro ficou totalmente destruído. 

Por G1 Campinas e Região

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Corpo de jovem morta em baile funk no Rio será sepultado na tarde desta terça-feira

Segundo testemunhas, arma de traficante caiu no chão e atingiu, acidentalmente, o rosto de Pammela Vieira. Ela deixou um filho de apenas sete anos de idade. O corpo da jovem Pammella Rosanne Gomes Vieira, 21 anos, vai ser enterrado na tarde desta terça-feira (27). Pamella foi morta por um tiro no rosto durante um baile funk na favela do Mandela, em Manguinhos, na Zona Norte do Rio, na madrugada de domingo (25).

Corpo de jovem morta em baile funk no Rio será sepultado na tarde desta terça-feira

Segundo testemunhas, a arma de um traficante teria caído no chão e atingido acidentalmente a jovem. Ela chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos. A jovem deixa um filho de sete anos.

Corpo de jovem morta em baile funk no Rio será sepultado na tarde desta terça-feira

A Polícia Civil está investigando o caso e disse que vai ouvir, pela segunda vez, a prima de Pammela, que estava no baile funk com ela. O sepultamento está previsto para as 16h e o velório será realizado na capela assim que o corpo chegar ao local.

Por Bom Dia Rio


6ª fase da Operação Lama Asfáltica mira dinheiro desviado de MS e enviado para o exterior

Etapa batizada de Computadores de Lama foi deflagrada nesta terça-feira em quatro cidades. Nas seis fases da operação, a PF contabiliza prejuízos de R$ 432 milhões com fraudes e propinas. A 6ª fase da Operação Lama Asfáltica, deflagrada na manhã desta terça-feira (27), apura desvios e dinheiro do governo de Mato Grosso de Sul e remessas ilegais ao exterior. Chamada de Computadores de Lama, essa etapa mira operações financeiras realizadas por donos de empresas de informática que já tinham sido alvo da Lama Asfáltica.

6ª fase da Operação Lama Asfáltica mira dinheiro desviado de MS e enviado para o exterior

A Polícia Federal cumpre quatro mandados de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão em Campo Grande, Jaraguari, Dourados e Paranhos. Participam mais de 100 agentes federais, 17 servidores da CGU e 33 da Receita Federal. A Justiça também ordenou o bloqueio de contas bancárias de pessoas físicas e empresas.

Entre os locais onde foram cumpridos mandados estão o Tribunal de Contas do Estado (TCE), a sede uma agência de publicidade, casas de empresários e também de advogados. Confira no vídeo abaixo a chegada da força-tarefa em alguns destes locais:

Investigações

Segundo a PF, essa nova fase decorreu da análise dos materiais apreendidos em etapas anteriores, coletados nas fiscalizações e exames periciais. As investigações apontam que os desvios de dinheiro público ocorreram por meio de licitações direcionadas para serviços de informática, aquisição fictícia ou ilícita de produtos, simulação de contratos e uso de “laranjas” para a ocultação de patrimônio.

A Lama Asfáltica começou em 2015, para apurar fraudes em obras públicas. Somando todas as fases, a força-tarefa identificou prejuízos que passam dos R$ 432 milhões. Para o cálculo, são consideradas as fraudes, valores concedidos irregularmente como benefícios fiscais e propinas pagas a integrantes da organização criminosa investigada.

Fases da Lama Asfáltica

1ª fase: foi deflagrada em 9 de julho de 2015 e apurava fraude em obras públicas – em uma delas, a grama que deveria ser plantada ao longo de três rodovias era substituída por capim. Todos os investigados negaram as acusações.

2ª fase: a operação Fazendas de Lama ocorreu em 10 de maio de 2016. Foi a primeira vez que a PF esteve na casa do ex-governador André Puccinelli. Investigação indicou que o dinheiro obtido com corrupção foi usado para a compra de fazendas, daí o nome da ação.

3ª fase: em julho de 2016, foi realizada a ação chamada de Aviões de Lama. Os alvos foram acusados de revender bens de alto valor e dividir o dinheiro com diversas pessoas, com o objetivo de ocultar a origem.

4ª fase: a Máquinas de Lama foi deflagrada em maio de 2017. Conforme a PF, os alvos direcionavam licitações públicas, superfaturavam obras, faziam aquisição fictícia ou ilícita de produtos e corrompiam agentes públicos.

5ª fase: batizada de Papiros de Lama, ocorreu em 14 de novembro de 2017 e teve o objetivo de desarticular grupo suspeito de desviar R$ 235 milhões em recursos públicos, por meio, entre outros, do direcionamento de licitações públicas e superfaturamento de obras públicas. A PF apontou o ex-governador André Puccinelli, que está preso desde junho deste ano, como chefe da organização criminosa. Ele responde por crimes como lavagem e desvio de recursos públicos.

Por Anderson Viegas, G1 MS

PM é morto a tiros em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

Major estava em seu carro no bairro Jardim Esplanada quando foi atingido por tiros de fuzil, disparados por criminosos encapuzados. Ele é o 87º PM morto este ano no estado. Um major da Polícia Militar foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (27) no bairro Jardim Esplanada, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Alan de Luna Freire, de 40 anos, estava dentro do carro particular quando foi baleado.

PM é morto a tiros em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

De acordo com a PM, a vítima dirigia seu carro perto de onde mora, por volta das 8h30, quando criminosos encapuzados e armados com fuzis atiraram várias vezes contra o veículo. O policial morreu no local. O PM era lotado no 17ºBPM (Ilha do Governador) e estava na corporação há 17 anos. Alan Freire deixou esposa e um filho de três anos. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense investiga o caso.


PM é morto a tiros em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense

O oficial é o 87ºPM morto no Estado do Rio este ano. O último caso registrado antes desse foi há dois dias, quando o policial Claudio Campello Marazzo foi assassinado após tentativa de assalto no bairro Engenheiro Leal, na Zona norte do Rio.

Por G1 Rio

Polícia estima que R$ 100 milhões foram roubados após assalto a agência bancária em Bacabal

Investigação aponta que o chefe da quadrilha responsável pelo assalto foi identificado como 'Zé de Lessa'. Na ação, quatro pessoas morreram, uma ficou ferida e duas foram detidas. A Polícia Civil do Maranhão disse na manhã desta terça-feira (27) que a quadrilha que assaltou uma agência bancária na cidade de Bacabal no domingo (25), trocou tiros com policiais e incendiou viaturas pode ter conseguido roubar cerca de R$ 100 milhões do local. Ainda de acordo com a polícia, desse montante, R$ 3 milhões já foram recuperados.

Polícia estima que R$ 100 milhões foram roubados após assalto a agência bancária em Bacabal

Na ação, quatro pessoas morreram: três assaltantes e um morador da cidade. Outro morador também foi atingido por disparos e segue em recuperação. Duas pessoas foram flagradas pela Polícia Militar dentro da agência recolhendo as cédulas deixadas pelos bandidos e foram detidas.

A investigação aponta que o chefe da quadrilha responsável pelo assalto chama José Francisco Lumes, mais conhecido como “Zé de Lessa”. Ainda segundo a polícia, ele estava comandando pessoalmente a ação da quadrilha no município. De acordo com a polícia, “Zé de Lessa” é bastante conhecido por crimes em todo o país, especialmente por roubos a banco. Natural do estado da Bahia, “Zé de Lessa” já fez assalto a instituições financeiras, foi preso algumas vezes e a última vez que saiu da prisão foi para terminar de cumprir a pena no regime domiciliar.

Polícia estima que R$ 100 milhões foram roubados após assalto a agência bancária em Bacabal

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão informou que foram deslocadas várias equipes das Polícias Civil e Militar para o município e cidades vizinhas. A polícia informou ainda que está estudando a conexão dos envolvidos com quadrilhas de outros estados.

Por G1 MA, São Luís

Responsive Full Width Ad